quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Beckenbauer pede Schweinsteiger como novo capitão da Alemanha

Mais célebre capitão da história da seleção alemã de futebol, Franz Beckenbauer opinou sobre a mudança na faixa da Alemanha após a aposentadoria de Philipp Lahm da equipe nacional. Para ele, o sucessor do lateral deve ser o volante Bastian Schweinsteiger.

"O sucessor mais lógico para Lahm, na minha opinião, é Schweinsteiger. Tem características de um líder nato e ganhou afeto do público, principalmente pela incrível atuação na final da Copa do Mundo", analisou o Kaiser.
Atualmente presidente honorário do Bayern de Munique, Beckenbauer ainda apontou o zagueiro Mats Hummels, do Borussia Dortmund, como o vice-capitão ideal da seleção alemã, em detrimento do goleiro bávaro Manuel Neuer.
Dias após a conquista da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, o responsável por erguer a taça, Philipp Lahm, de 30 anos, anunciou que não defenderia mais a Alemanha. Depois de 113 partidas pela equipe, o lateral-direito afirmou que era "a hora certa" de se despedir.

Sagu de vinho com creme de baunilha (rote gruetze)

Ingredientes 

. 1 xícara de sagu  
. 3 litros de água 
. 3 xícaras de vinho tinto 
. 1 xícara de açúcar  
. 1 canela em pau 

Para o creme 
. 1 gema  
. 5 colheres (sopa) de açúcar 
. 1 colher (chá) de essência de baunilha 
. 1 colher (sopa) de amido de milho  
. 2 xícaras de leite

Modo de preparo

Em uma tigela, deixe o sagu de molho em 1 litro de água fria por uma hora. Escorra, transfira para uma panela com 1 litro de água fervente e cozinhe por três minutos. Escorra e repita a operação.

Junte o vinho, o açúcar e a canela em pau e cozinhe até que engrosse e todas as bolinhas estejam transparentes. Deixe esfriar. 

Prepare o creme
Em uma panela, misture bem a gema com o açúcar. Junte a baunilha, o amido e o leite e mexa bem. Leve ao fogo baixo, mexendo, até ferver e engrossar ligeiramente. Sirva sobre o sagu.


Tipo de prato: Sobremesa
Preparo: Rápido (até 30 minutos)
Rendimento: 6 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Doce caseiro
Calorias: 400 por porção

Cinco curiosidades sobre a Alemanha

Prost!
Como não poderia ser diferente, o país que inventou a Oktoberfest é um dos líderes quando o assunto é consumo e produção de cerveja. Segundo uma pesquisa feita pela empresa alemã Bath-hass Group, o consumo anual da bebida no país europeu é de 107 litros por habitante, volume que deixa a Alemanha apenas atrás da República Tcheca e Áustria no ranking mundial. O país também é o quinto maior produtor da bebida. Na hora do brinde, diga Prost!



Papai Noel não é bem-vindo
A celebração natalina na Alemanha é muito forte nas semanas que antecedem a noite de Natal. Uma das tradições que diferem a comemoração é o Nikolaustag ou Dia de São Nicolau, celebrado em todo o país no dia 6 de dezembro. A data é inspirada no bispo santificado pela Igreja Católica e considerado por muitos alemães como o verdadeiro Papai Noel.
Por esse motivo, o bom velhinho como conhecemos no Brasil e e outros países não é muito bem-vindo em algumas cidades alemãs. A pequena Fluorn-Winzeln chegou a criar uma campanha para banir o Papai Noel da paisagem natalina em 2008, substituindo o barbudo vestido de vermelho pela figura histórica de São Nicolau.
Mentes brilhantes
Além de ser a maior economia da Europa e um dos melhores países para se viver no mundo, a Alemanha é berço de alguns dos grandes inventores da história. O motor a diesel, por exemplo, foi criado pelo engenheiro alemão Rudolf Diesel. Medicamento mais conhecido e consumido em todo o mundo, a Aspirina foi lançada há 115 anos por um laboratório farmacêutico alemão.
Em 1504, o relojoeiro alemão Peter Henlein fabricou o primeiro relógio de bolso, que ficou conhecido como Ovo de Nuremberg, por sua forma, tamanho e procedência. O elevador elétrico, que deu origem aos sistemas eletrônicos de alta tecnologia que temos hoje, foi uma invenção do industrial alemão Werner von Siemens, que também criou o telégrafo e o dínamo, entre outros inventos.
Império do Sol
Em julho de 2013, a Alemanha bateu recorde de produção de energia solar, atingindo 23,9 GW em horário de pico. Apesar de ter um dos invernos mais rigorosos da Europa, o país é responsável por 35% da geração de energia solar do planeta. A produção é atribuída à existência de aproximadamente 1,4 milhão de sistemas de energia solar instalados em todo o país, possíveis graças a uma forte política de tarifas fixas e incentivos para estimular a instalação dos equipamentos em residências, indústrias e estabelecimentos comerciais.
Autobahns
Apaixonados por automóveis, os alemães também adoram dirigir em alta velocidade. Terra de grandes montadoras como BMW, Mercedes-Benz, Volkswagen, Audi e Porsche, a Alemanha é conhecida pelas famosas autobahns, rodovias praticamente perfeitas onde não há limite de velocidade, com exceção de trechos com curvas acentuadas ou próximos a zonas urbanas.

Curiosidades da Alemanha

Curiosidades da Alemanha (costumes, dados e informações):

- Os alemães adoram carne suína. A carne de porco é a mais popular do país e serve de base para diversos pratos típicos da culinária alemã. Além desta carne, as batatas e as salsichas também são muito consumidas nos país.
Exemplos de pratos típicos da culinária da Alemanha: Chucrute (conserva de repolho), Esbein (joelho de porco assado ou frito), boulette (bolinhos recheados com carne), Schlachtplatte (barriga de porco com chucrute e batata) e Bratkartoffeln (cozido de batatas com bacon e cebolas).

- A bebida alcoólica mais consumida na Alemanha é a cerveja. O povo alemão é um dos maiores consumidores mundiais desta bebida. No país, existem cerca de 1.200 cervejarias. Vale lembrar também que o maior festival de cerveja do mundo ocorre na cidade de Munique. É a famosa Oktoberfest.

- O povo alemão também é um dos maiores consumidores de pães do mundo. No país, é possível encontrar cerca de 1.200 tipos de pães.

- O açúcar mais consumido na Alemanha não é o derivado da cana-de-açúcar, como ocorre no Brasil, mas sim o de beterraba.

- A montanha Zugspitze é o ponto mais alto do território alemão com 2.963 metros de altura.

- A igreja mais alta do mundo fica na Alemanha. É a Catedral de Ulm com 161,5 metros de altura (equivalente a um prédio de 65 andares).

- Com clima temperado úmido, a Alemanha é um dos países mais frios da Europa na época do inverno. Nesta estação, os termômetros podem atingir até 15 graus negativos.

- A vida dos cachorros alemães não é das piores, pois estes animais tem acesso livre, obviamente com seus donos, a restaurantes, mercados, cafés e outros locais públicos.

- Na Alemanha, a idade mínima para o consumo de bebidas alcoólicas é de 16 anos.

- É considerado um dos países com maior número de invenções úteis da História. Exemplos: motor a diesel, aspirina, relógio de bolso, insulina, imprensa, dínamo, elevador elétrico, locomotiva elétrica, microscópio eletrônico entre outros.

- Na Alemanha a TV pública é paga. Toda residência que recebe o sinal da tv pública alemã deve pagar cerca de18 euros.

- A Alemanha é o quinto melhor país do mundo para se viver (de acordo com o IDH de 2012), em função da alta qualidade de vida.

- O futebol é o esporte número um na preferência do povo alemão. Vale lembrar que a seleção alemã de futebol já foi três vezes campeã da Copa do Mundo Fifa de Futebol.

- A Alemanha possui o maior parque gerador de energia eólica do mundo. O país também é um dos maiores produtores de energia solar do mundo.

- Os alemães adoram automóveis e, mais ainda, dirigir em alta velocidade. Uma das principais rodovias do país é a Autobahn, onde não há limite de velocidade (exceto em curvas acentuadas e proximidades de zonas urbanas).

- Embora o alemão seja a língua oficial do país, existem diversos dialetos na Alemanha, que variam de região para região.

- A bicicleta é um meio de transporte muito usado nas cidades alemãs, sendo que grande parte delas possuem sistemas de trânsito com ciclovias e bicicletários.

- A Alemanha possui uma das menores taxas de natalidade do mundo (1,39 filhos por mulher).

- A Alemanha possui a economia mais rica da União Europeia.

- O Catolicismo e o Luteranismo são as religiões mais seguidas pelo povo alemão.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Estudo universitário na Alemanha / Bolsas de Estudo - Conselho individual



1.) c/o Instituto Goethe São Paulo
Rua Lisboa, 974, Pinheiros
05413-001 – São Paulo – SP – Brasil
Tel.:  (+55 11) 3061-5331 e 5189-8303
e-mail: daad_sao_paulo @ daad.org.br
www.daad.org.br
2.) c/o DWIH (Centro Alemão de Ciência e Inovaçao) São Paulo
Rua Verbo Divino, 1488, bloco D, térreo,
Chácara Santo Antonio, CEP 04719-904
Tel. (+55 11)5189-8304
www.daad.org.br
3.) Escritório Regional Rio de Janeiro
Rua Presidente Carlos de Camos, 417,
CEP 22231-080 Rio de Janeiro - RJ
Tel. (+55 21) 2553 3296, Fax: 2553 9261
info@daad.org.br / www.daad.org.br

Olimpíada Internacional da Língua Alemã


Os melhores alunos de alemão de todo o mundo encontrar-se-ão em Frankfurt para a Olimpíada Internacional da Língua Alemã (IDO).
Na República Tcheca, 15.000 alunos participaram do concurso nacional. Kateřina Martincová e Jelizveta Laškevičová foram as vencedoras. Agora, as duas representarão seu país na Olimpíada Internacional de Alemão (IDO) de 2014, em Frankfurt – da mesma forma que outros 100 alunos de alemão de 50 países. Jovens do Irã, da Nova Zelândia, do Tadjiquistão, de todas as partes do mundo partem em direção à Alemanha.
Por quase duas semanas, eles estarão juntos na metrópole do Main a fim de verificar quais serão os não só os melhores alunos de alemão em todo o mundo, mas também para se conhecerem e conhecer o país. O concurso, organizado pela Federação Internacional dos Professores de Alemão (IDV) e pelo Instituto Goethe, é, antes de tudo, uma grande festa da língua alemã e do intercâmbio cultural. O nome do evento foi escolhido a dedo:  aqui vale o mesmo ideal olímpico de encontro, lealdade e respeito mútuo.
Isso se reflete no concurso. A Olimpíada Internacional não é nenhum teste gigantesco de vocabulário e de gramática. Trata-se antes de constatar o quão aptos estão os participantes do ponto de vista intercultural e se podem trabalhar com equipes internacionais. Um júri composto de membros de todo o mundo avalia os desempenhos dos candidatos de 13 a 19 anos de idade, que concorrem com outros alunos do seu mesmo nível de conhecimento do idioma.
Após 2012, Frankfurt é pela segunda vez a anfitriã da Olimpíada de Alemão, que é promovida a cada dois anos. Na cidade cosmopolita, os participantes ficam conhecendo Frankfurt como centro internacional e também como centro de uma região marcada pela História e por estórias. Mas podem, antes de tudo, colher finalmente os frutos do seu longo aprendizado de alemão – e conversar com as pessoas que encontram.
A Olimpíada Internacional de Alemão acontece de 3 a 16 de agosto, em Frankfurt am Main.
Mais informações disponíveis nos sites: