quarta-feira, 8 de maio de 2013

Amizade Brasil-Vietnã inicia os trabalhos


Ficou aprovado um plano de trabalho para desenvolver as relações de amizade entre os dois países e seus respectivos povos. No plano da divulgação, a Abraviet deverá estruturar um site que concentre uma série de conteúdos de informação sobre ambos os países, sua localização geográfica, características econômicas, sociais e políticas, cultura e seus povos, histórias e noticias de atualidades.

Com relação ao esforço de cooperação econômica, a Abraviet trabalhará no sentido de ativar a Câmara de Comércio Brasil-Vietnã (que foi criada em 2007, na cidade do Rio de Janeiro), com suas características próprias, para aproximar entidades e empresários interessados em desenvolver contatos comerciais e econômicos. Trocas comerciais são de interesse de ambos os países, como no caso do café, da madeira, do caju, da pesca, do petróleo, da tecnologia de desenvolvimento agrícola etc. O contato com a Embrapa, nesta área seria de extrema importância.

Um campo de interesse estratégico para o Brasil é a área de Defesa Nacional. As forças armadas brasileiras têm interesse em troca de informações a respeito de luta na selva – que os vietnamitas detêm conhecimento acumulado através de vários séculos de luta contra o colonialismo e o imperialismo. O Brasil tem uma das maiores florestas nativas do mundo, o que faz com que seja cobiçada por grandes potências. 

Cultura

Na esfera cultural, a Abraviet organizará exposições e seminários que mostrem o que há de mais interessante e representativo na produção cultural do Vietnã aqui no Brasil, e — ao mesmo tempo — procurará preparar exposições e visitas de delegações culturais ao país irmão vietnamita, com aquele mesmo objetivo. Nesta tarefa a Abraviet contará com a ajuda e contribuição da Associação homônima vietnamita de Amizade com o Brasil, sediada em Hanói, capital do Vietnã.

Ainda neste campo, a Abraviet entrará em contato com a Universidade de Brasília, entre outras no país, para a elaboração de cursos de língua vietnamita, que na verdade é uma “chave” importante para o desenvolvimento de relações com o país amigo. 

A Associação brasileira, neste sentido, já está colaborando para a edição do primeiro dicionário Português-Vietnamita, que está sendo preparado na Universidade de Hanói. O esporte também deverá merecer toda atenção da Abraviet, aproximando a Federação de Futebol Vietnamita e o Ministério do Esporte do Brasil, para troca de informações e de cooperação mútua.

Na área do cinema, existe a possibilidade de serem exibidos filmes vietnamitas no Brasil e brasileiros no Vietnã, com a colaboração da Ancine, a Agência de Cinema do Brasil.

Esfera política

Ficou estabelecido, também, que a Abraviet estabelecerá contatos com associações políticas, culturais e sociais que tenham objetivos semelhantes, como a Grupo Parlamentar de Amizade e cooperação com o Vietnã, entre outras. Será de interesse da Abraviet organizar seções regionais em estados da Federação brasileira, procurando polarizar os trabalhos de cooperação onde haja uma demanda maior. Destacou-se, durante a reunião, a possibilidade de se organizar junto ao Ministério do Turismo e a Embratur, uma série de acordos que facilitem as relações turísticas entre os dois países.

Por fim, os participantes do encontro firmaram a importância de um plano anual de troca de delegações entre o Brasil e o Vietnã, que será estabelecido por ambas as Associações — a Abraviet e sua homônima vietnamita — com o objetivo de estreitar as relações de amizade e cooperação. A Associação deverá colaborar para a montagem destas comitivas de visitas ao país do sudeste asiático. 

Neste sentido, a Abraviet procurará sempre trocar informações e estabelecer a colaboração com a Embaixada do Vietnã em Brasília, assim como com os escritórios regionais para organizar em conjunto as atividades da Associação. Já existe uma demanda concreta no mês de junho próximo, quando se realizará sob os auspícios da embaixada vietnamita em Brasília, uma reunião do grupo de países da Ásia e Oceania, para a qual a Abraviet deverá contribuir.

De Brasília, Pedro Oliveira


                          

De um país que estava em guerra tirou idéia e lição para o negócio e expansão de um estrangeiro de origem Vietnamita.


                         



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.