sábado, 8 de setembro de 2012

Os Menonitas no Brasil poucos conhecem sobre eles.

No Brasil, existe hoje basicamente três grupos menonitas, o primeiro chamado Igreja de Deus em Cristo, Menonita estabelecido em Rio Verde - GO; um segundo grupo, chamado de Associação das Igrejas (Evangélicas Irmãos) Menonitas do Brasil, estabelecidas basicamente na região Sul e São Paulo, formada basicamente por famílias de origem alemã/russa, refugiados no Brasil a partir de 1930 (e brasileiros e descendentes); Finalmente, temos a Associação Evangélica Menonita (AEM). A AEM iniciou seus trabalhos há quarenta anos, fruto do trabalho missionário menonita da América do Norte (MBM/COM).
A AEM tem, durante este período, trabalhado especialmente com evangelismo, obras de assistência social e literatura cristã. Sua sede está localizada em Campinas - SP, e contam com 30 igrejas distribuídas em 7 estados (Santa Catarina; Paraná; São Paulo; Goiás; Distrito Federal; Tocantins e Pernambuco); 3 livrarias cristãs; editora; escola de preparação teológica, além de escolas e creches. Iniciou trabalho missionário em Moçambique e Angola, na África.
Os menonitas de origem alemã vieram para o Brasil entre 1928 e1934 como fugitivos do comunismo russo. Instalaram-se no Vale do Rio Krauel, no município de Ibirama, em Santa Catarina. Não se adaptaram à região montanhosa e selvagem,  e por isso os menonitas buscaram novos rumos, fundando assim, comunidades na Vila Guaíra e no Boqueirão (em Curitiba) e na Colônia Witmarsum (em Palmeira), no Paraná. Em suas comunidades construíram igrejas, escolas e fundaram cooperativas.



A gratidão a Deus os levou a proclamar o evangelho para as comunidades a sua volta. Assim surgiram diversas igrejas locais e com elas percebeu-se a grande pobreza, gerada pela ignorância e injustiça que rodeiam as comunidades. Decidiu-se então proclamar um evangelho integral, visando atender todas as necessidades humanas, ou seja, as necessidades físicas, da alma e do espírito, com o lema: “Servir com Amor de Cristo”. Dessa forma então, surgiu a primeira “Creche” da AMAS no município de Palmeira, por iniciativa da igreja de Witmarsum, no dia 6 de setembro de 1970, com 15 crianças. Logo  iniciou-se também o acompanhamento dos escolares e atendimento às famílias carentes, através de aconselhamento familiar, na área da saúde e cursos diversos.
Em 1972 aconteceu a Conferência Mundial dos Menonitas em Curitiba. Nesta data, os Menonitas da Europa, por intermédio da IMO – Internationale Menonitische Organisation,  com sede na Alemanha, decidiram intensificar as atividades missionárias no Brasil e dar apoio especial à AMAS, recém fundada. Para  fortificar esta iniciativa, a AIMB – Associação das Igrejas Menonitas do Brasil, formada pelas Igrejas locais de Vila Guaíra (hoje Água Verde), Boqueirão e Witmarsum no Município de Palmeira.


No ano de 1973, através da amizade entre o Professor Peter Pauls de Witmarsum, o Pastor Klaus Ackermann e o Professor Günter Stern da Alemanha, a AMAS recebeu outra fonte aliada, que era a igreja de confissão Luterana de Eibelshausen, que com grande potencial de doadores e padrinhos, deu impulsos inimagináveis ao trabalho iniciado.
 O intercâmbio dos voluntários com a Alemanha, Suíça, Estados Unidos e Paraguai ajudou muito na divulgação da AMAS. Com isso também se abriram possibilidades de jovens brasileiros  estenderam seus horizontes, juntando experiências em outros países e no trabalho no Nordeste, onde a AMAS mantém a colaboração do MCC dos Estados Unidos.
O trabalho em Palmeira de desenvolvia com imensa rapidez. Num terreno doado pela Prefeitura, construiu-se uma creche com capacidade para 150 crianças. Neste momento quando a Diaconia, mais tarde a Kindernothilfe, da Alemanha, aderiu à idéia das creches, tornando –se através da AMENCAR, a parceira mais importante da AMAS.
 Em 1993, a prefeitura de Curitiba ofereceu as instalações da Creche da “Vila Gália”, no Pilarzinho, para serem administradas pela AMAS. Este projeto foi encerrado em 2008.
A partir de 2002 a sede da AMAS está localizada nos escritórios da CENTRAL MENONITA – local construído e cedido pela Família Gerhard Ens (†), localizada no bairro do Xaxim, em Curitiba.
 A Loja da AMAS – é um projeto do Comitê Feminino, também está instalada neste prédio, vendendo alguns alimentos produzidos pela comunidade, roupas usadas e demais coisinhas.
  Os presidentes que a AMAS teve ao longo de sua história:
 * Valdir Golfetto                       * Rudolfo Loewen                    * Helmut Nikkel
 * Alfred Pauls                          * Henrique Enns                       * Heinrich Koop
 * Ernesto Loewen                    * Boris Janzen                         * Hermann Heinrichs
 * Henrique Loewen



http://www.comunidademenonitago.com.br

http://www.amasbrasil.org.br

http://www.facebook.com/menonitas.nobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.