sábado, 27 de novembro de 2010

Data Nacional de Combate ao Câncer no Brasil

A doença possui características que invadem as células sadias, além de disseminar as células contaminadas, rapidamente, através da corrente sanguínea.
Em razão dos problemas causados pela doença, a partir de 1988 o Brasil estabeleceu um dia de tentativa e luta contra a mesma, o dia 27 de novembro. Nessa data são desenvolvidos projetos educativos, de conscientização da população acerca da doença e dos riscos em adquiri-la. Nesse dia, são distribuídos laços vermelhos para serem afixados nas roupas como broches, como símbolo da campanha.
Várias campanhas são realizadas para combater o câncer, os principais fatores que levam à doença são: fumaça de cigarro (químico), radioatividade (físico), infecções virais (biológicos).
Nos últimos anos, os tumores malignos, como também são chamados, foram responsáveis por 12% das mortes no mundo.
Os tratamentos da doença evoluíram muito e, hoje em dia, diagnósticos feitos precocemente podem auxiliar na cura do paciente em até 100%.
Os casos mais graves de câncer são:
O câncer de pulmão é o pior de todos e o mais fácil de ser encontrado. Nas últimas décadas a doença cresceu, no Brasil, cerca de 57% entre os homens e 134% entre as mulheres, pois muitas delas são fumantes passivas. Esse tipo de câncer leva à morte, pois os recursos não são dos melhores. Os tratamentos se restringem a sessões de quimioterapia, radioterapia ou cirurgia.
De mama, atingindo cerca de 35 mil brasileiras por ano, normalmente aparece em quem tem predisposição genética, havendo outros casos na família. É importante fazer exames de mama e, a partir dos vinte anos de idade, toda mulher deve fazer o autoexame, apalpando os seios logo após o período da menstruação. Mulheres com mais de trinta e cinco anos devem fazer mamografia a cada ano, a fim de assegurar que não estão desenvolvendo a doença.
Nas mulheres, também temos o câncer de colo do útero, responsável pela morte de 4 mil pacientes por ano no Brasil. É causado pelo vírus papiloma humano ou HPV, adquirido nas relações sexuais. Os sintomas desse tipo de câncer são corrimentos contínuos, sangramentos e dores durante as relações sexuais. Quando a mulher percebe esses sintomas, em caso de contaminação pelo vírus, a doença já se encontra em estágio avançado, por isso o melhor a fazer é se prevenir através do uso de preservativos.
Nos homens a doença aparece na próstata, com o desenvolvimento do tumor, porém, facilmente diagnosticado nos consultórios médicos. O problema é que o exame é feito através do toque retal, a partir dos 40 anos de idade, e muitos homens não se sujeitam a passar por essa forma de análise. Quando se descobre a doença, muitas vezes a mesma já está em estágio avançado, por falta de visitas regulares ao médico.
A pele também é vítima do câncer. A grande exposição ao sol, a destruição da camada de ozônio, tem feito com que os raios ultravioletas cheguem a atingir-nos com maior facilidade. É comum vermos pessoas estiradas ao sol, entre as dez e quatorze horas, considerados horários críticos à exposição. No Brasil, esses têm aumentado em média de 100 mil novos casos por ano. O mais comum é o carcinoma, sendo responsável por 90% dos casos. Mas o melanoma é a espécie mais agressiva, podendo levar à morte se não for diagnosticado e tratado precocemente, já que pode atingir os órgãos vitais. O tratamento do melanoma é cirurgia seguida de sessões de quimioterapia.
O vice-presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia afirma que uma das maiores dificuldades na luta contra o câncer é para se fazer um trabalho preventivo, de conscientização das pessoas.
Alguns tipos da doença, como de colo de útero, próstata, testículos, língua, boca, pele, dentre outros, poderiam ser diagnosticados facilmente em consultas clínicas, feitas regularmente.

Drama a novela que foi inspirado do mangá e serve de lição para uma sociedade de muitas vezes injusta com o próximo ''LIFE''


 Adaptado do mangá de Keiko Suenobu "LIFE", o drama se aprofunda no lado escuro da vida escolar. A história centra-se principalmente sobre o assédio moral, mas o mangá também toca em assuntos como auto-mutilação, suicídio e estupro. Kitano Kii estrelas como Shiiba Ayumu, um dos estudantes agredidos por um grupo de colegas de turma liderada pelo ex-amigo de Ayumu, Manami Anzai
Life é um Dorama forte. Mostra como uma pessoa precisa ser forte para seguir os seus objetivos sem se amedrontar com os obstáculos da vida. Essa determinação que a Protagonista conquista durante a história é ótima de se acompanhar. A cada episódio que passa você fica com mais raiva do que acontece com a pobre Ayumu.

Atenção!!! Esse drama trata sobre ijime (bullying) e, portanto, há várias cenas de maltratos verbais e físicos feitos por alunos com outros alunos e serve de lição e atenção da sociedade.

Esse drama  inspira a forma de que nós humanos devemos mudar nossas condutas e não julgar o próximo , mesmo rebaixar ou humilhar o próximo por ela ser diferente de você não significa que ela seja menos ou mais que você devemos e respeitar o próximo e fazer que isso não aconteça se isso ocorrer deve ser feito a denúncia.

Seja no colégio,no trabalho,em casa  não devemos deixar isso ocorrer por causa a vida e preciosa e devemos valorizar e dando respeito para todos e igualdade.

O Disque 100, que é o Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, está também preparado para receber denúncias de bullying.

BASTA AO BULLYING!!!!
BULLYING É CRIME !!!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O Bullying nas Relações Familiares e social


 É fato de que os castigos físicos estão fora de cogitação a cerca do modelo educacional atual, contudo estão esquecendo as marcas invisíveis e inesquecíveis, aquelas dos castigos e torturas psicológicas, aos quais as crianças estão suscetíveis e dificilmente tem proteção. Há quem seja contra ou a favor da chamada palmada, acredito que esta seja uma questão paradoxal. Mas e o Bullying doméstico? Esta palavrinha, Bullying, que parece ter virado moda nas questões comportamentais e educacionais, denuncia todo tipo de violência, em especial a verbal.
O Bullying ganhou toda a sua popularidade entre as crianças e adolescentes cujo ambiente comum é a escola. A criança pode ser o indivíduo mais encantador e também o mais perverso, pois para algumas, qualquer coisa vira motivo para humilhar o outro: “porque é gordo”;" porque é magro”; “porque é inteligente demais”; “porque é inteligente de menos”; “porque usa óculos”; “porque é pobre”; “porque é de raça diferente da maioria”... Esses são alguns dos motivos, suficientes, para transformar a vida de um colega um verdadeiro inferno. Mas porque será que isso acontece?
Aliás, sempre aconteceu só que foi necessário alguém escrever sobre isso, identificar o problema com um nome que oferecesse um marketing forte para que pais e educadores se preocupassem.
A palavra Bullying é de origem inglesa e ainda não tem tradução no Brasil, mas de acordo com o que se encontra nos dicionários, até o presente momento, é que a palavra Bully significa valentão, tirano, mandão, agressor. Desta forma Bullying é a manifestação das atitudes de violência física ou mental praticadas por um Bully (agressor).
Pode-se dizer que este tipo de comportamento está presente na humanidade há muito tempo, inclusive na vida animal é bem comum, quando é identificado como a lei do mais forte sobre os mais fracos.
E na escola isso sempre aconteceu. No cinema americano, é fácil vermos a prática do Bullying em filmes High School, mas as pessoas sempre acharam isso normal...
Há tipos diferentes de Bullying e já sabemos que eles sempre acontecem na escola e por isso alguns Estados brasileiros já criaram Leis com relação ao Bullying Escolar, mas e o Bullying doméstico?
O Bullying, também, acontece em casa sob todas as suas formas: física, verbal, psicológica e moral, sexual e até virtual. O Bullying praticado na escola é só um reflexo da vida em família.
“Você é criança e criança só obedece ao que o adulto manda! Você é burro, não consegue nem ler direito, eu não vou mais ficar pagando escola pra você! Sai daqui, você é desastrada igual a sua mãe! Seja homem menino, engrossa essa voz, parece até uma menininha choramingando! Come essa comida toda, enquanto não comer não sai da mesa e se vomitar vai comer com vômito! Você mora aqui de favor e eu não vejo a hora de me livrar de você!”
Basta se colocar no lugar de quem ouve esse tipo de coisa para se sentir como um ser insignificante. Sei que para alguns leitores é difícil de acreditar que há familiares que falam desta maneira com as crianças, por outro lado há quem reconheça que algumas crianças passam por coisas muito piores, no seio familiar.
Uma das grandes emissoras da TV brasileira tem mostrado em um programa para o público adolescente o Bullying escolar e em uma de suas novelas o Bullying doméstico praticado por um pai da classe alta que faz do Bullying a sua filosofia de vida, agredindo de todas as formas possíveis seus funcionários, filhos e esposa. Pode-se associar o comportamento extraconjugal de sua esposa como um dos reflexos do Bullying sofrido por ela e quanto ao filho mais velho que caiu no mundo das drogas, porque será hein?
Já em outra novela o Bullying doméstico apareceu como forma de incentivo onde o pai incentivava o filho a praticar a violência.
As pessoas são diferentes e por isso reagem de maneiras diferentes com relação ao Bullying, são várias as conseqüências e estas podem ir desde sintomas psicossomáticos até o desenvolvimento de fobias, transtornos diversos, depressão e morte.
Mas o que fazer? Como fazer para identificar e reverter este quadro? Como proteger as crianças?
Infelizmente começamos a fazer alguma coisa quando o mal já foi estabelecido e se não fosse assim os consultórios, abrigos e orfanatos não estariam tão cheios de crianças.
A escola é o melhor lugar para iniciar o processo de prevenção. Assim que o Bullying for identificado o agressor, seja ele quem for, deve ser denunciado. Os pais ou responsáveis devem ser chamados... Hum! Chamar os pais corre-se o risco de tirarem o filho da escola e isso não é bom do ponto de vista administrativo, mas e do ponto de vista educacional? Como fica a criança, pois não é só o agredido que é a vítima; Quem agride precisa de ajuda também.
As reuniões de APMs deveriam ser mais funcionais e produtivas, pois as notas, os pais tem acesso via internet ou na secretaria da escola. As reuniões de pais e mestres deveriam ter um caráter educacional, por meio de palestras, vivências práticas entre pais e filhos, entre alunos e professores. Talvez esta seja uma das maneiras de identificar e resolver o problema.
Contudo, há quem diga assim: “Antigamente não tinha nada disso, levava-se umas boas palmadas e ninguém ficava com problemas... Na minha época não tinha dessa de criança ter opinião própria...”
É verdade! Há alguns anos a criança, enquanto criança era meio que marginalizada, a criança não era considerada um ser pensante, um cidadão. Naquela época essa concepção já era errada, e alguns estudiosos do comportamento infantil já sabiam disso, porém não foram levados em consideração. Felizmente, os tempos de hoje são outros e as crianças da atualidade são diferentes das de antigamente, então não podemos insistir em usar os métodos ditos educacionais que eram usados há décadas atrás.
O Bullying é sim, reflexo de uma educação antiquada ou da ausência, absoluta, de educação e de ensinamento dos valores morais.
As escolas devem mesclar os métodos educacionais e as famílias não devem repetir as fórmulas de seus ancestrais, pois cada criança é única e o que pode ser ótimo para uma poderá ser péssimo para outras.
Então, para professores, pais, terapeutas, políticos, enfim, todos que podem influenciar na vida de crianças e adolescentes atuem no sentido de humanizar a educação.
 Há tipos diferentes de Bullying e já sabemos que eles sempre acontecem na escola e por isso alguns Estados brasileiros já criaram Leis com relação ao Bullying Escolar, mas e o Bullying doméstico?
O Bullying, também, acontece em casa sob todas as suas formas: física, verbal, psicológica e moral, sexual e até virtual. O Bullying praticado na escola é só um reflexo da vida em família.
“Você é criança e criança só obedece ao que o adulto manda! Você é burro, não consegue nem ler direito, eu não vou mais ficar pagando escola pra você! Sai daqui, você é desastrada igual a sua mãe! Seja homem menino, engrossa essa voz, parece até uma menininha choramingando! Come essa comida toda, enquanto não comer não sai da mesa e se vomitar vai comer com vômito! Você mora aqui de favor e eu não vejo a hora de me livrar de você!”

 Basta se colocar no lugar de quem ouve esse tipo de coisa para se sentir como um ser insignificante. Sei que para alguns leitores é difícil de acreditar que há familiares que falam desta maneira com as crianças, por outro lado há quem reconheça que algumas crianças passam por coisas muito piores, no seio familiar.
Uma das grandes emissoras da TV brasileira tem mostrado em um programa para o público adolescente o Bullying escolar e em uma de suas novelas o Bullying doméstico praticado por um pai da classe alta que faz do Bullying a sua filosofia de vida, agredindo de todas as formas possíveis seus funcionários, filhos e esposa. Pode-se associar o comportamento extraconjugal de sua esposa como um dos reflexos do Bullying sofrido por ela e quanto ao filho mais velho que caiu no mundo das drogas, porque será hein?
Já em outra novela o Bullying doméstico apareceu como forma de incentivo onde o pai incentivava o filho a praticar a violência
 As pessoas são diferentes e por isso reagem de maneiras diferentes com relação ao Bullying, são várias as conseqüências e estas podem ir desde sintomas psicossomáticos até o desenvolvimento de fobias, transtornos diversos, depressão e morte.
Mas o que fazer? Como fazer para identificar e reverter este quadro? Como proteger as crianças?
Infelizmente começamos a fazer alguma coisa quando o mal já foi estabelecido e se não fosse assim os consultórios, abrigos e orfanatos não estariam tão cheios de crianças.
A escola é o melhor lugar para iniciar o processo de prevenção. Assim que o Bullying for identificado o agressor, seja ele quem for, deve ser denunciado. Os pais ou responsáveis devem ser chamados... Hum! Chamar os pais corre-se o risco de tirarem o filho da escola e isso não é bom do ponto de vista administrativo, mas e do ponto de vista educacional? Como fica a criança, pois não é só o agredido que é a vítima; Quem agride precisa de ajuda também.
As reuniões de APMs deveriam ser mais funcionais e produtivas, pois as notas, os pais tem acesso via internet ou na secretaria da escola. As reuniões de pais e mestres deveriam ter um caráter educacional, por meio de palestras, vivências práticas entre pais e filhos, entre alunos e professores. Talvez esta seja uma das maneiras de identificar e resolver o problema.
 Contudo, há quem diga assim: “Antigamente não tinha nada disso, levava-se umas boas palmadas e ninguém ficava com problemas... Na minha época não tinha dessa de criança ter opinião própria...”
É verdade! Há alguns anos a criança, enquanto criança era meio que marginalizada, a criança não era considerada um ser pensante, um cidadão. Naquela época essa concepção já era errada, e alguns estudiosos do comportamento infantil já sabiam disso, porém não foram levados em consideração. Felizmente, os tempos de hoje são outros e as crianças da atualidade são diferentes das de antigamente, então não podemos insistir em usar os métodos ditos educacionais que eram usados há décadas atrás.
O Bullying é sim, reflexo de uma educação antiquada ou da ausência, absoluta, de educação e de ensinamento dos valores morais.
As escolas devem mesclar os métodos educacionais e as famílias não devem repetir as fórmulas de seus ancestrais, pois cada criança é única e o que pode ser ótimo para uma poderá ser péssimo para outras.

Dia25 de novembro Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres.

Na esfera jurídica, violência significa uma espécie de coação, ou forma de constrangimento, posto em prática para vencer a capacidade de resistência de outrem, ou a levar a executá-lo, mesmo contra a sua vontade. É igualmente, ato de força exercido contra as coisas, na intenção de violentá-las, devassá-las, ou delas se apossar.
Existem vários tipos de armas utilizadas na violência contra a mulher, como: a lesão corporal, que é a agressão física, como socos, pontapés, bofetões, entre outros; o estupro ou violência carnal, sendo todo atentado contra o pudor de pessoa de outro sexo, por meio de força física, ou grave ameaça, com a intenção de satisfazer nela desejos lascivos, ou atos de luxúria; ameaça de morte ou qualquer outro mal, feitas por gestos, palavras ou por escrito; abandono material, quando o homem, não reconhece a paternidade, obrigando assim a mulher, entrar com uma ação de investigação de paternidade, para poder receber pensão alimentícia.
Mas nem todos deixam marcas físicas, como as ofensas verbais e morais, que causam dores,que superam, a dor física. Humilhações, torturas, abandono, etc, são considerados pequenos assassinatos diários, difíceis de superar e praticamente impossíveis de prevenir, fazendo com que as mulheres percam a referencia de cidadania.
A violência contra a mulher, não esta restrita a um certo meio, não escolhendo raça, idade ou condição social. A grande diferença é que entre as pessoas de maior poder financeiro, as mulheres, acabam se calando contra a violência recebida por elas, talvez por medo, vergonha ou até mesmo por dependência financeira.
Atualmente existe a Delegacia de Defesa da Mulher, que recebe todas as queixas de violência contra as mulheres, investigando e punindo os agressores. Como em toda a Polícia Civil, o registro das ocorrências, ou seja, a queixa é feita através de um Boletim de Ocorrência, que é um documento essencialmente informativo, todas as informações sobre o ocorrido visam instruir a autoridade policial, qual a tipicidade penal e como proceder nas investigações.
Toda a mulher violentada física ou moralmente, deve ter a coragem para denunciar o agressor, pois agindo assim ela esta se protegendo contra futuras agressões, e serve como exemplo para outras mulheres, pois enquanto houver a ocultação do crime sofrido, não vamos encontrar soluções para o problema.
A população deve exigir do Governo leis severas e firmes, não adianta se iludir achando que esse é um problema sem solução. Uma vez violentada, talvez ela nunca mais volte a ser a mesma de outrora, sua vida estará margeada de medo e vergonha, sem amor próprio, deixando de ser um membro da comunidade, para viver no seu próprio mundo.
A liberdade e a justiça, são um bem que necessita de condições essenciais para que floresça, ninguém vive sozinho. A felicidade de uma pessoa esta em amar e ser amada. Devemos cultivar a vida, denunciando todos os tipos de agressões (violência) sofridas.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Café do pássaro Jacu caro e exótico /Jacu Bird Coffe, expensive and exotic


Em Domingos Martins, café feito com sementes ingeridas pelo pássaro jacu é vendido a cerca de R$ 240,00 o quilo
Você já imaginou tomar um cafezinho feito com os grãos tirados das fezes de uma ave? E se esse café custasse algo em torno de R$240,00 o quilo? Esse café existe. Trata-se do Jacu Bird Coffee, ou Café do Jacu, que é produzido na fazenda Camocim, em Pedra Azul, Domingos Martins.
Parece estranho, mas esse café exótico é um dos mais caros do mundo e o mais caro do Estado. Para se ter uma ideia, a maior parte da produção é vendida para as melhores cafeterias de Tóquio, Londres, Los Angeles e São Francisco.No Espírito Santo, apenas a Casa do Porto, em Vitória, a Estalagem Petra e o restaurante Don Lorenzoni, em Pedra Azul, comercializam o Café do Jacu.
O motivo de ser tão caro, e raro, é porque passa por um processo diferente dos tradicionais. Os grãos do Jacu Bird são colhidos das fezes de uma ave chamada jacu, que come os melhores frutos do cafeeiro, aqueles sem defeito e completamente maduros.
Considerado uma ameaça para o lucro dos cafeicultores, pois em certos cafezais comiam até 10% da produção, o jacu passou de vilão a grande colaborador do cafeicultor e empresário Henrique Sloper, proprietário da Fazenda Camocim, em Domingos Martins.
Após saber que o café mais caro do mundo – o Kopi Luwak –, da Indonésia, é produzido a partir dos grãos encontrados nas fezes do civeta, um tipo de gato selvagem, Sloper resolveu fazer a experiência com os grãos encontrados nas fezes dos jacus que devoravam a produção de arábica em sua propriedade.

E o resultado o deixou animado. Além de ser um produto exótico, o sabor do café surpreendeu até os melhores especialistas em degustação do País. A provadora e consultora de café de São Paulo Eliana Relvas provou o Café do Jacu e afirmou que vale a pena.
"O sabor desse café é equilibrado e muito bom. Fica um gosto bom na boca. O mais diferenciado é que se trata de um produto exótico", disse Eliana.
A primeira produção do Café do Jacu ocorreu em 2006, com poucos quilos. Em 2008, atingiu cerca de 150 quilos. Agora, toda a produção é exportada. O preço? Quem dá é o produtor, que só vende quando encontra alguém que pague o valor que ele quer.

"Por ser um produto exótico e o único no mundo, só vendo quando o meu comprador paga o valor que eu estipulo. Essa é uma prova de que a natureza e o homem podem viver em harmonia, pois sem o jacu esse café seria como um outro qualquer", disse Sloper.

PRODUTO É SUCESSO EM RESTAURANTES
DOMINGOS MARTINS – A procura pelo Jacu Bird Coffe vem aumentando em restaurantes e cafeterias no Estado, como na Estalagem Petra, em Pedra Azul, restaurantes Don Lorenzoni, em Venda Nova do Imigrante, e Casa do Porto, na Praia do Canto, Vitória.
O proprietário do restaurante Don Lorenzoni, Fernando Lorenzoni, disse que o estabelecimento já se tornou referência na venda do Café do Jacu. Segundo ele, são vendidos pelo menos 150 cafezinhos por mês, a R$ 8,00 cada.
"Quem já experimentou, não quer saber de outro. Começamos a vender o produto há uns oito meses e a procura só tem aumentado. Com a chegada do inverno, acredito que será ainda melhor. Após saborear as nossas massas especiais, nada melhor que tomar um Café do Jacu", disse.
A atendente da Estalagem Petra Priscila Machado Moraes observou que muitas pessoas que não conhecem o café se assustam quando são informadas que o motivo do alto preço é em função dos grãos serem retirados das fezes do Jacu.
"Muitas pessoas conhecem o café e vêm aqui só para comprá-lo. Mas, quem pergunta o motivo do preço diferenciado fica assustado quando explicamos", comentou.
A Casa do Porto, na Praia do Canto, Vitória, também vende o exótico café. Lá, são oferecidos em sachê, para preparar um cafezinho, além do pacote com 250g de pó ou de grãos torrados.
OS PREÇOS
CASA DO PORTO, PRAIA DO CANTO, VITÓRIA
Sachê para um cafezinho: R$ 2,50
Pacote com 250g do pó: R$ 59,00
ESTALAGEM PETRA, KM 90 DA BR-262, PEDRA AZUL
Pacote com 250 gramas do pó: R$90,00
Um cafezinho do jacu: 4,50
Cafezinho tradicional: R$ 0,50
RESTAURANTE DON LORENZONI, KM 102 DA BR-262, VENDA NOVA DO IMIGRANTE
Cafezinho do jacu: R$ 8,00
Pacote com 250 gramas do pó: R$90,00
-
Obs: No Restaurante Sampaulim, localizado na Rod. ES 164, Km 69 em Pedra Azul, o Café Jacu Bird pode ser degustado por R$7,00 a xícara

22 de novembro aniversário de Lages-Santa Catarina-Brasil


 Lages[nota é um município brasileiro da região sul, localizado no estado de Santa Catarina. A cidade possui cerca de 170,000 habitantes e faz parte da mesorregião (política) e região (geográfica) serranas do estado. Lages é a maior cidade em área do estado e cidade-sede da Região Metropolitana de Lages.
 Fundada em 1766 pelo bandeirante paulista Antonio Correia Pinto de Macedo, Lages servia inicialmente como estalagem para a rota comercial entre o Rio Grande do Sul e São Paulo, principalmente na passagem do gado dos campos gaúchos para abastecer os trabalhadores da extração de ouro em Minas Gerais.
 Possui 154.122 habitantes e localiza-se na região Serrana do Estado. Lages é também o maior município do estado de Santa Catarina em extensão territorial com 2.664,313 km².
O clima é subtropical, com temperatura média de 14,3°C.
Temperatura máxima: 36°C.
Temperatura mínima: -7,4°C
Umidade relativa do ar: Média anual de 79,3%.
Lages e toda a região serrana têm sua identidade própria, em razão de sua história, de suas raízes, de sua cultura e de seus costumes preservados em total harmonia com o ambiente rural.  “A Princesa da Serra” não recebeu essa denominação por acaso. O título se deve ao seu imenso potencial turístico e às inúmeras belezas naturais que possui. A cidade tem características únicas que revelam seus encantos, em cada estação do ano, em especial no inverno com suas baixas temperaturas, onde freqüentemente ocorrem geadas e até neve, cobrindo de branco seus campos e pinheirais.
Lages é considerada “Capital Nacional do Turismo Rural” pelo pioneirismo, no País, a oferecer este modo diferenciado de turismo, que busca integrar os visitantes com as tradições locais e proporcionar um maior contato com a natureza.
Tanto na cidade quanto no campo, Lages oferece muitas opções ao turista que visitar a região.

A gastronomia serrana tem uma forte ligação com a cultura da região e muitos admiradores em função do seu sabor e de seus pratos cheios de história. A influência dos imigrantes e de costumes de outros estados são ingredientes que temperam a farta culinária regional.
Iguarias deliciosas servidas no café serrano, pratos campeiros e receitas preparadas à base de pinhão como a Paçoca de Pinhão e o Entreveiro fazem parte da típica gastronomia serrana.
O turista encontrará em Lages uma grande variedade de restaurantes, pizzarias, cantinas, churrascarias, confeitarias, bares e lanchonetes com opções que vão de pratos da culinária típica à cozinha internacional.
 Lages possui uma boa rede hoteleira, com muitas opções em hotéis, pousadas, hotéis fazenda e motéis. Para complementar a hospedagem convencional há estabelecimentos que oferecem hospedagem alternativa.
Existem opções para todos os gostos, no campo ou na cidade, unindo a boa infra-estrutura com a já conhecida hospitalidade serrana.
A culinária também é um atrativo a parte oferecido pelos hotéis. O frio, o fogo e o pinhão são as marcas do inverno lageano. Apreciar as sementes da araucária é muito comum nesta época do ano, quando quase todos os restaurantes oferecem pratos à base de pinhão. Paçoca, entreveiro, peixes recheados e até doces é possível encontrar nesta culinária.
 A região serrana bem como a cidade de Lages, possui forte influência da cultura e das tradições gaúchas em razão da sua proximidade com o Estado vizinho e pelo ambiente em que está inserida. 
Sua cultura se manifesta em suas danças, suas músicas, seu folclore, seu artesanato, suas festas e também por suas idéias e seu modo de pensar.
Fundação 22 de novembro de 1766.
Feliz Aniversário Lages e para seus cidadões que vivem nela fazendo 244 anos.


Eventos:

Hasteamento das Bandeiras – as bandeiras serão hasteadas no dia do aniversário da cidade, 22 de novembro, às 9 horas, na praça João Ribeiro.


Lançamento de livro – também no dia 22/11, será realizado o lançamento da nova edição do livro “Tradições Lendárias e Míticas de Lages”. O evento está programado para às 20 horas, na sede da Fundação Cultural.



GP Serrano de Rolamento – no último dia da programação do Aniversário de Lages, destaque para o 1º GP Serrano de Rolamento (carrinho de rolimã). O GP será realizado na avenida Presidente Vargas – na descida para a Penha – a partir das 10 horas.
 Lages é a grande cidade do Planalto Serrano. Com 244 anos de História, preserva o sentimento de amor pela terra e o legado intocável dos campos nativos, formados por coxilhas, com taipas centenárias e rios de águas puras e límpidas. É detentora de excelentes índices de qualidade de vida e de um diversificado parque industrial, comercial e de serviços. Conhecida como Capital Nacional do Turismo Rural, é ainda mais atraente no inverno, quando fortes geadas e nevascas criam cenários inesquecíveis para os turistas. Promove anualmente a Festa Nacional do Pinhão, fruto da araucária, árvore abundante na região.
Confira o Parque Ecológico, que concentra mais de 8.000 araucárias em 2.000.000m2 de área preservada; o Salto do rio Caveiras, formado por um grande lago, barragem, cascata e área verde. Trata-se de um local aprazível para pesca e descanso, localizado a 20km do centro, em direção a São José do Cerrito, próximo à antiga Usina Hidrelétrica do Caveiras.

domingo, 21 de novembro de 2010

Guatemala é admitida como Estado-Membro da ONU.

Guatemala é admitida como Estado-Membro da ONU. no dia 21 de novembro de 1945.


 Um país da América Central fazendo fronteira com o méxico ,com clima tropical é um país localizado na zona do fogo onde ocorre terremotos e erupções vulcânicas.
Um dos paises que tem conhecimento internacional sobre sua produção de café sendo exportados para América do Norte,Europa e Ásia.
Virou membro da onu no dia 21 de novembro de 1945.
Opaís se destaca bastante do turismo e da agricultura sua economia .

Estado da Carolina do Norte U.S.A


Estado da Carolina do Norte se torna a 12º estado norte americano em 21 de novembro de 1789 ratificado pela constituição Americana a capital é Raleigh a cidade maior é Charlotte possui uma área de 139 509 km² (22º maior) do país Norte Americano possui uma população de 9 380 884 (10º mais populoso)o clima do estado Americano é A Carolina do Norte possui um clima temperado, com invernos amenos e verões quentes.
 O produto interno bruto da Carolina do Norte foi de 314 bilhões de dólares em 2003. A renda per capita do estado, por sua vez, foi de 28 071 dólares, o 23º maior do país.
A Carolina do Norte é um grande centro educacional. A Universidade da Carolina do Norte é o maior instituto de educação superior do estado, tendo sido a primeira instituição de educação superior da Carolina do Norte, fundada em 1795. A Universidade da Carolina do Norte iniciou suas operações ainda em 1795, e foi a primeira universidade administrada diretamente por um estado norte-americano a entrar em operação no país. Atualmente, o estado possui 126 instituições de educação superior, dos quais 75 são públicas e 51 são privadas. Cerca de 20 destas instituições são universidades (sendo que a Universidade da Carolina do Norte possui 16 campi localizados em diversas cidades), e o restante são faculdades.

21 de novembro Dia mundial da saudação


O Dia Internacional da Saudação, assinalado a 21 de Novembro, tem como objectivo promover a paz no mundo através do  cumprimento. Em cada país e em cada cultura existem vários. Conheça-os. Aproveite faça uma saudação e aproveite esse dia para refletir que ato da saudação faz diferença para um mundo melhor .
E faço saudações para  todos que visitou meu blog desde do ínicio ate hoje e para os futuros também :) ♥

Dia 21 de Novembro dia Mundial da Televisão


 Hoje é dia Mundial da Televisão isso memso um dos aparelhos que transformou a informação e fubndamental para nosso sistema de comunição mundial memso com os avanços tecnologicos a televisão tem um papel importante na sociedade ainda atual e presente no dia a dia.
Em 1923 Vladimir Zworykin registra a patente do tubo iconoscópico para câmaras de televisão, o que tornou possível a televisão eletrónica. O primeiro sistema semi-mecânico de televisão analógica foi demonstrado em Fevereiro de 1924 em Londres, e, posteriormente, imagens em movimento em 30 de outubro de 1925. Um sistema eletrônico completo foi demonstrado por John Logie Baird e Philo Taylor Farnsworth em 1927. O primeiro serviço analógico foi a WGY em Schenectady, Nova Iorque, inaugurado em 11 de maio de 1928.
Os primeiros aparelhos de televisão eram rádios com um dispositivo que consistia num tubo de néon com um disco giratório mecânico (disco de Nipkow) que produzia uma imagem vermelha do tamanho de um selo postal. O primeiro serviço de alta definição apareceu na Alemanha em março de 1935, mas estava disponível apenas em 22 salas públicas. Uma das primeiras grandes transmissões de televisão foi a dos Jogos Olímpicos de Berlim de 1936. O uso da televisão aumentou enormemente depois da Segunda Guerra Mundial devido aos avanços tecnológicos surgidos com as necessidades da guerra e à renda adicional disponível (televisores na década de 1930 custavam o equivalente a 7000 dólares atuais (2001) e havia pouca programação disponível).

 A televisão em cores surgiu em 1954, na rede norte-americana NBC. Um ano antes o governo dos Estados Unidos aprovou o sistema de transmissão em cores proposto pela rede CBS, mas quando a RCA apresentou um novo sistema que não exigia alterações nos aparelhos antigos em preto e branco, a CBS abandonou sua proposta em favor da nova.
Em 1960 a japonesa SONY introduz no mercado os receptores de televisão com transistores. O satélite Telstar transmite sinais de televisão através do Oceano Atlântico em 1962. A miniaturização chegou em 1979 quando a Matsushita registou a patente da televisão de bolso com ecrã plano.

No Brasil, a primeira transmissão de televisão deu-se por conta do leopoldinense Olavo Bastos Freire, que construiu os equipamentos necessários e transmitiu uma partida de futebol em 28 de setembro de 1948, na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais.

sábado, 20 de novembro de 2010

Dia 20 de novembro dia da consciência Negra no Brasil


O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A semana dentro da qual está esse dia recebe o nome de Semana da Consciência Negra.
A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar a resistência do negro à escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte forçado de africanos para o solo brasileiro (1594).
Algumas entidades como o Movimento Negro (o maior do gênero no país) organizam palestras e eventos educativos, visando principalmente crianças negras. Procura-se evitar o desenvolvimento do auto-preconceito, ou seja, da inferiorização perante a sociedade.
Outros temas debatidos pela comunidade negra e que ganham evidência neste dia são: inserção do negro no mercado de trabalho, cotas universitárias, se há discriminação por parte da polícia, identificação de etnias, moda e beleza negra, etc.
O dia é celebrado desde a década de 1960, embora só tenha ampliado seus eventos nos últimos anos; até então, o movimento negro precisava se contentar com o dia 13 de maio, Abolição da Escravatura – comemoração que tem sido rejeitada por enfatizar muitas vezes a "generosidade" da Princesa Isabel.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Dia da Bandeira do Brasil

No Brasil a comemoração ocorre todos os anos no dia 19 de novembro, pois essa foi a data de instituição da bandeira nacional republicana, no ano de 1889. Nessa data ocorrem comemorações cívicas, normalmente acompanhadas do canto do Hino à Bandeira. A bandeira foi adotada pelo decreto nº 4 no dia 19 de novembro de 1889. Este decreto foi preparado por Benjamin Constant, membro do governo provisório.
Ao meio-dia (12h00) do Dia da Bandeira (19 de novembro) as bandeiras inservíveis (rasgadas, descoloridas, etc) devem ser incineradas em Cerimonial Peculiar.
Em Macatuba, esse cerimonial acontece em praça pública.

Dia Mundial da Prevenção a Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes


Violência contra as Crianças

Estudo do Secretário-Geral das NU revela a natureza, extensão e causas da violência contra as crianças, e propõe recomendações para a adopção de medidas destinadas a prevenir e responder às situações em que ocorrer.
Muitos actos de violência perpetrados contra as crianças continuam escondidos e têm muitas vezes a aprovação da sociedade, segundo o Estudo do Secretário-Geral das Nações Unidas sobre a Violência contra as Crianças apresentado ontem à Assembleia Geral. Pela primeira vez, um único documento apresenta uma visão global sobre os diversos tipos e a escala da violência contra as crianças no mundo.

A violência contra as crianças inclui violência física, psicológica, discriminação, negligência e maus-tratos. Ela vai desde abusos sexuais em casa a castigos corporais e humilhantes na escola; do uso de restrições físicas em casa à brutalidade cometida pelas forças da ordem, de abusos e negligência em instituições até às lutas de gangs nas ruas onde as crianças brincam ou trabalham; do infanticídio aos chamados «crimes» de honra.
“A melhor forma de tratar do problema da violência contra as crianças é impedir que aconteça,” diz o Professor Paulo Sérgio Pinheiro, perito independente nomeado pelo Secretário-Geral para liderar o Estudo. “Todas as pessoas têm um papel a desempenhar nesta causa, mas cabe aos Estados assumir a principal responsabilidade. Isso significa proibir todas as formas de Violência contra as Crianças, onde quer que aconteça e independentemente de quem a pratica, e investir em programas de prevenção para enfrentar as causas que lhe estão subjacentes”.
O Estudo debruça-se sobre cinco «ambientes» em que a violência ocorre: em casa e na família, na escola e ambiente
Embora inúmeros casos de violência continuem escondidos e por reportar – e, por esse motivo, os números ficam muito aquém da dimensão do problema - as estatísticas incluídas no relatório revelam um panorama alarmante. Por exemplo:
A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que em 2002, cerca de 53.000 crianças entre os 0-17 anos de idade foram vítimas de homicídio;
Segundo as últimas estimativas da Organização Mundial do Trabalho (OIT), 5.7 milhões de crianças realizavam trabalhos forçados ou em regime de servidão, 1.8 milhões estavam envolvidas na prostituição e pornografia, e 1.2 milhões foram vítimas de tráfico no ano 2000.
Em 16 países em desenvolvimento analisados no âmbito de um Inquérito Mundial sobre Saúde realizado nas escolas, a percentagem de crianças em idade escolar que afirmaram ter sido vítimas de bullying (intimidação) verbal ou física na escola nos 30 dias anteriores à entrevista oscilava entre os 20% em alguns países e 65% noutros;
Segundo o Estudo, as crianças que se encontram em centros de detenção são frequentemente vítimas a actos de violência por parte do pessoal da instituição, por vezes como forma de controlo ou castigo, na maior parte dos casos por infracções menores. Em 77 países, os castigos corporais e outras formas de punição violentas são aceites como medidas disciplinares legais em instituições penais.
As marcas físicas, emocionais e psicológicas da violência podem ter sérias implicações no desenvolvimento da criança, na sua saúde e capacidade de aprendizagem. Alguns estudos mostraram que o facto de ter sofrido actos de violência na infância está relacionado com comportamentos de risco no futuro, tais como o consumo de tabaco, o abuso de álcool e drogas, inactividade física e obesidade. Por outro lado, estes comportamentos contribuem para algumas das principais causas de doença e de morte, nomeadamente para certos cancros, depressão, suicídio e problemas cardiovasculares.
“A violência tem consequências duradoiras não apenas paras as crianças e seus familiares mas também para as comunidades e países” afirmou a Directora Executiva da UNICEF Ann M. Veneman. “Consideramos este Estudo sobre as consequências da violência nas crianças da maior importância e oportunidade.”
O relatório apresentado à Assembleia Geral recomenda que seja tomado um amplo leque de medidas para prevenir e responder à violência contra as crianças em todos os locais e ambientes em que ocorre. As doze recomendações de carácter geral contidas no Estudo abordam sectores como estratégias e sistemas nacionais, recolha de dados e a garantia da responsabilização.
A nível global, o relatório recomenda a nomeação de um Representante Especial para a Violência contra as Crianças, com um mandato inicial de quatro anos, cuja missão consistirá em defender a causa ao mais alto nível, promovendo a prevenção e eliminação de todos tipos de violência contra as crianças e incentivando a cooperação e o seguimento neste domínio.
Acerca do Estudo do Secretário-Geral das Nações Unidas sobre Violência contra as Crianças
Em 2001, a Assembleia Geral pediu ao Secretário-Geral que conduzisse um Estudo aprofundado sobre a questão da violência contra as crianças. Mais tarde, foi nomeado um perito independente, o Professor Paulo Sérgio Pinheiro, para liderar o Estudo em colaboração com o Alto Comissariado para os Direitos Humanos, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Independência da Letónia


Letónia um país na beira ao mar Báltico considerado leste Europeu no dia 18 de novembro de 1918.
Com a devastação da Rússia pela Primeira Guerra Mundial e as dificuldades enfrentadas pelo novo regime soviético, o Conselho Nacional declarou a independência em 18 de Novembro de 1918, formando assim a República Independente da Letônia.

A Letônia foi a economia européia que mais rapidamente cresceu entre 2000 e 2007. Em 2003, o crescimento do PIB letão foi de 7,5%, com inflação de 2,9%; em 2006 e 2007, o incremento do PIB superou os 10% a.a.. A taxa de desemprego foi de 8,8% em 2003, quase igual à dos dois anos anteriores. A privatização foi quase completada, exceto por algumas grandes empresas públicas.
Em 1 de Maio de 2004, a Letônia ingressou na União Européia. O país esperava adotar o Euro em 2012. No entanto, diante da crise econômica de 2008, essa expectativa não deve se confirmar

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

culinária Nordica Receita de Janssons Frestelse( Tentação de Jansson)



Receita de Janssons Frestelse( Tentação de Jansson)

Ingredientes12 batatas médias ( cortar em formato de meia lua bem finas)
2 cebolas tamanho médio (1 cortada em meia lua outra bem picadinha)
1 lata de "anchovas" ( No Brasil é a Aliche mais puxada no sal prove antes , compre de preferência uma boa marca)
1 lata de creme de leite fresco( Dá pra fazer com o de lata(sem o soro) porém deve diluir mais com leite mesma medida)
Farinha de rosca para polvilhar
Manteiga ou azeite de oliva para untar( prefiro o azeite apesar de que a receita original leva manteiga , não margarina)
2 pedaços de manteiga com cerca de 5 g cada.

Modo de FazerForno a 250º

Corte as batatas (cruas) em meia lua bem finas e reserve,
Corte 1 cebola em meia lua e reserve
Abra a lata de aliche e não jogue a água fora.
Corte 1 cebola bem picada.
Numa forma refratária untada com manteiga ou azeite coloque a camada de cebola em meia lua , seguindo de uma camada de batata,retire somente as aliches na próxima camada, seguindo das cebolas picadas ,batata novamente.
Misture o creme de leite fresco com a água da latinha e jogue por cima.Obs se a água da conserva estiver muito salgada misture leite de vaca ao creme de leite.Por cima as duas fatias de manteiga.
Coloque no forno até que estejam cozidas as batatas aproximados 30 min.
Retire do forno e cubra com a farinha de rosca e deixe por mais 15 minutos em temperatura 200º.
Vá controlando para não queimar.

Não coloque sal em nada pois já há o suficiente na lata do peixe.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

A Imigração Suéca no Brasil



 Poucos conhecem detalhes da imigração sueca no Rio Grande do Sul. Muito se fala em italianos, alemães, poloneses e até japoneses. Mas suecos também vieram para cá. No fim de semana fui procurar a Svenska Kulturhuset – a Casa da Cultura Sueca. Fica na Linha Jansen, um distrito de Farroupilha, bem no limite com Bento Gonçalves e Pinto Bandeira.



Imigrantes suecos no século dezenove

No Rio Grande do Sul encontra-se descendentes de suecos que immigraram para o Brasil lógo no final do secúlo 19.
Há mais de cem anos atrás, duas cidades pequenas foram formadas por immigrantes suecos na parte nordeste do Rio Grande do Sul. Até hoje pode-se encontrar numero de descendentes/famílias morando na mesma área.
Um grupo de descendentes suecos tem construído casas em estilo sueco tradicional vermelho com os cantos brancos, onde eventos ligados à cultura sueca são realizados. Os eventos mostram por exemplo a culinária sueca, dancas como “hambo” e “shottis” e outros costumes tradicionais.
Hoje em dia a maiora dos suecos moram em São Paulo onde tem em volta de 3000 suecos.

As relações diplomáticas Brasil-Suécia foram estabelecidas em 1826. Os primeiros contingentes de imigrantes suecos chegaram ao Brasil em 1890. Em 1909 foi criada a primeira linha de transporte marítimo regular entre os dois países. Os investimentos no Brasil começaram com a pioneira Ericsson em 1924. Aumentaram e diversificaram-se a partir de 1946, concentrando-se em São Paulo, onde em 1953 foi estabelecida a Câmara de Comércio Sueco-Brasileira.



Durante o regime militar no Brasil os contatos político-diplomáticos bilaterais foram reduzidos. Em 1984 o relacionamento bilateral mudou de patamar com a Visita de Estado do Rei Carlos XVI Gustavo e Rainha Sílvia ao Brasil. Foi assinado Acordo sobre Cooperação Econômica, Industrial e Tecnológica e criada a Comissão Mista Bilateral. Desde então há fluxo regular de visitas e contatos entre autoridades dos dois países.

A presença de cerca de 180 empresas suecas no Brasil, o volume do comércio bilateral e dos investimentos suecos no país e o fluxo crescente de turistas suecos que nos visitam conferem grande vitalidade às relações Brasil-Suécia.




Recentemente a Suécia prometeu lutar pelo etanol brasileiro na União Européia. O primeiro-ministro sueco, o conservador Fredrik Reinfeldt, anunciou que seu governo vai eliminar um imposto interno sobre o etanol importado e pressionar a UE a reduzir as barreiras que limitam a entrada do etanol brasileiro na região. Os suecos querem uma estreita cooperação com o Brasil nesse setor.

A corrida pelo biocombustível na Europa é intensa. Por determinação da UE, 5,75% do combustível vendido na região até 2010 deverá vir de fontes renováveis. Vários países, porém, estão longe de atingir o percentual. Até 2020, o uso de biocombustível terá de chegar a 10%.

Dos países nórdicos a Suécia é o país com quem o Brasil tem uma relação econômica mais intensa. Café não-torrado em grão, sulfetos de minérios de cobre, álcool etílico e carne bovina desossada foram os principais produtos exportados pelo Brasil. As autopeças dominaram a pauta de importações brasileiras da Suécia.



Estima-se no 23.048 Suecos e seus descendentes vivendo no Brasil.


Uma das técnicas trazidas da suécia na produção de cordas feitas de linho para ancorar barcos e tbm na fabricação de cordões.