quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Beckenbauer pede Schweinsteiger como novo capitão da Alemanha

Mais célebre capitão da história da seleção alemã de futebol, Franz Beckenbauer opinou sobre a mudança na faixa da Alemanha após a aposentadoria de Philipp Lahm da equipe nacional. Para ele, o sucessor do lateral deve ser o volante Bastian Schweinsteiger.

"O sucessor mais lógico para Lahm, na minha opinião, é Schweinsteiger. Tem características de um líder nato e ganhou afeto do público, principalmente pela incrível atuação na final da Copa do Mundo", analisou o Kaiser.
Atualmente presidente honorário do Bayern de Munique, Beckenbauer ainda apontou o zagueiro Mats Hummels, do Borussia Dortmund, como o vice-capitão ideal da seleção alemã, em detrimento do goleiro bávaro Manuel Neuer.
Dias após a conquista da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, o responsável por erguer a taça, Philipp Lahm, de 30 anos, anunciou que não defenderia mais a Alemanha. Depois de 113 partidas pela equipe, o lateral-direito afirmou que era "a hora certa" de se despedir.

Sagu de vinho com creme de baunilha (rote gruetze)

Ingredientes 

. 1 xícara de sagu  
. 3 litros de água 
. 3 xícaras de vinho tinto 
. 1 xícara de açúcar  
. 1 canela em pau 

Para o creme 
. 1 gema  
. 5 colheres (sopa) de açúcar 
. 1 colher (chá) de essência de baunilha 
. 1 colher (sopa) de amido de milho  
. 2 xícaras de leite

Modo de preparo

Em uma tigela, deixe o sagu de molho em 1 litro de água fria por uma hora. Escorra, transfira para uma panela com 1 litro de água fervente e cozinhe por três minutos. Escorra e repita a operação.

Junte o vinho, o açúcar e a canela em pau e cozinhe até que engrosse e todas as bolinhas estejam transparentes. Deixe esfriar. 

Prepare o creme
Em uma panela, misture bem a gema com o açúcar. Junte a baunilha, o amido e o leite e mexa bem. Leve ao fogo baixo, mexendo, até ferver e engrossar ligeiramente. Sirva sobre o sagu.


Tipo de prato: Sobremesa
Preparo: Rápido (até 30 minutos)
Rendimento: 6 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Doce caseiro
Calorias: 400 por porção

Cinco curiosidades sobre a Alemanha

Prost!
Como não poderia ser diferente, o país que inventou a Oktoberfest é um dos líderes quando o assunto é consumo e produção de cerveja. Segundo uma pesquisa feita pela empresa alemã Bath-hass Group, o consumo anual da bebida no país europeu é de 107 litros por habitante, volume que deixa a Alemanha apenas atrás da República Tcheca e Áustria no ranking mundial. O país também é o quinto maior produtor da bebida. Na hora do brinde, diga Prost!



Papai Noel não é bem-vindo
A celebração natalina na Alemanha é muito forte nas semanas que antecedem a noite de Natal. Uma das tradições que diferem a comemoração é o Nikolaustag ou Dia de São Nicolau, celebrado em todo o país no dia 6 de dezembro. A data é inspirada no bispo santificado pela Igreja Católica e considerado por muitos alemães como o verdadeiro Papai Noel.
Por esse motivo, o bom velhinho como conhecemos no Brasil e e outros países não é muito bem-vindo em algumas cidades alemãs. A pequena Fluorn-Winzeln chegou a criar uma campanha para banir o Papai Noel da paisagem natalina em 2008, substituindo o barbudo vestido de vermelho pela figura histórica de São Nicolau.
Mentes brilhantes
Além de ser a maior economia da Europa e um dos melhores países para se viver no mundo, a Alemanha é berço de alguns dos grandes inventores da história. O motor a diesel, por exemplo, foi criado pelo engenheiro alemão Rudolf Diesel. Medicamento mais conhecido e consumido em todo o mundo, a Aspirina foi lançada há 115 anos por um laboratório farmacêutico alemão.
Em 1504, o relojoeiro alemão Peter Henlein fabricou o primeiro relógio de bolso, que ficou conhecido como Ovo de Nuremberg, por sua forma, tamanho e procedência. O elevador elétrico, que deu origem aos sistemas eletrônicos de alta tecnologia que temos hoje, foi uma invenção do industrial alemão Werner von Siemens, que também criou o telégrafo e o dínamo, entre outros inventos.
Império do Sol
Em julho de 2013, a Alemanha bateu recorde de produção de energia solar, atingindo 23,9 GW em horário de pico. Apesar de ter um dos invernos mais rigorosos da Europa, o país é responsável por 35% da geração de energia solar do planeta. A produção é atribuída à existência de aproximadamente 1,4 milhão de sistemas de energia solar instalados em todo o país, possíveis graças a uma forte política de tarifas fixas e incentivos para estimular a instalação dos equipamentos em residências, indústrias e estabelecimentos comerciais.
Autobahns
Apaixonados por automóveis, os alemães também adoram dirigir em alta velocidade. Terra de grandes montadoras como BMW, Mercedes-Benz, Volkswagen, Audi e Porsche, a Alemanha é conhecida pelas famosas autobahns, rodovias praticamente perfeitas onde não há limite de velocidade, com exceção de trechos com curvas acentuadas ou próximos a zonas urbanas.

Curiosidades da Alemanha

Curiosidades da Alemanha (costumes, dados e informações):

- Os alemães adoram carne suína. A carne de porco é a mais popular do país e serve de base para diversos pratos típicos da culinária alemã. Além desta carne, as batatas e as salsichas também são muito consumidas nos país.
Exemplos de pratos típicos da culinária da Alemanha: Chucrute (conserva de repolho), Esbein (joelho de porco assado ou frito), boulette (bolinhos recheados com carne), Schlachtplatte (barriga de porco com chucrute e batata) e Bratkartoffeln (cozido de batatas com bacon e cebolas).

- A bebida alcoólica mais consumida na Alemanha é a cerveja. O povo alemão é um dos maiores consumidores mundiais desta bebida. No país, existem cerca de 1.200 cervejarias. Vale lembrar também que o maior festival de cerveja do mundo ocorre na cidade de Munique. É a famosa Oktoberfest.

- O povo alemão também é um dos maiores consumidores de pães do mundo. No país, é possível encontrar cerca de 1.200 tipos de pães.

- O açúcar mais consumido na Alemanha não é o derivado da cana-de-açúcar, como ocorre no Brasil, mas sim o de beterraba.

- A montanha Zugspitze é o ponto mais alto do território alemão com 2.963 metros de altura.

- A igreja mais alta do mundo fica na Alemanha. É a Catedral de Ulm com 161,5 metros de altura (equivalente a um prédio de 65 andares).

- Com clima temperado úmido, a Alemanha é um dos países mais frios da Europa na época do inverno. Nesta estação, os termômetros podem atingir até 15 graus negativos.

- A vida dos cachorros alemães não é das piores, pois estes animais tem acesso livre, obviamente com seus donos, a restaurantes, mercados, cafés e outros locais públicos.

- Na Alemanha, a idade mínima para o consumo de bebidas alcoólicas é de 16 anos.

- É considerado um dos países com maior número de invenções úteis da História. Exemplos: motor a diesel, aspirina, relógio de bolso, insulina, imprensa, dínamo, elevador elétrico, locomotiva elétrica, microscópio eletrônico entre outros.

- Na Alemanha a TV pública é paga. Toda residência que recebe o sinal da tv pública alemã deve pagar cerca de18 euros.

- A Alemanha é o quinto melhor país do mundo para se viver (de acordo com o IDH de 2012), em função da alta qualidade de vida.

- O futebol é o esporte número um na preferência do povo alemão. Vale lembrar que a seleção alemã de futebol já foi três vezes campeã da Copa do Mundo Fifa de Futebol.

- A Alemanha possui o maior parque gerador de energia eólica do mundo. O país também é um dos maiores produtores de energia solar do mundo.

- Os alemães adoram automóveis e, mais ainda, dirigir em alta velocidade. Uma das principais rodovias do país é a Autobahn, onde não há limite de velocidade (exceto em curvas acentuadas e proximidades de zonas urbanas).

- Embora o alemão seja a língua oficial do país, existem diversos dialetos na Alemanha, que variam de região para região.

- A bicicleta é um meio de transporte muito usado nas cidades alemãs, sendo que grande parte delas possuem sistemas de trânsito com ciclovias e bicicletários.

- A Alemanha possui uma das menores taxas de natalidade do mundo (1,39 filhos por mulher).

- A Alemanha possui a economia mais rica da União Europeia.

- O Catolicismo e o Luteranismo são as religiões mais seguidas pelo povo alemão.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Estudo universitário na Alemanha / Bolsas de Estudo - Conselho individual



1.) c/o Instituto Goethe São Paulo
Rua Lisboa, 974, Pinheiros
05413-001 – São Paulo – SP – Brasil
Tel.:  (+55 11) 3061-5331 e 5189-8303
e-mail: daad_sao_paulo @ daad.org.br
www.daad.org.br
2.) c/o DWIH (Centro Alemão de Ciência e Inovaçao) São Paulo
Rua Verbo Divino, 1488, bloco D, térreo,
Chácara Santo Antonio, CEP 04719-904
Tel. (+55 11)5189-8304
www.daad.org.br
3.) Escritório Regional Rio de Janeiro
Rua Presidente Carlos de Camos, 417,
CEP 22231-080 Rio de Janeiro - RJ
Tel. (+55 21) 2553 3296, Fax: 2553 9261
info@daad.org.br / www.daad.org.br

Olimpíada Internacional da Língua Alemã


Os melhores alunos de alemão de todo o mundo encontrar-se-ão em Frankfurt para a Olimpíada Internacional da Língua Alemã (IDO).
Na República Tcheca, 15.000 alunos participaram do concurso nacional. Kateřina Martincová e Jelizveta Laškevičová foram as vencedoras. Agora, as duas representarão seu país na Olimpíada Internacional de Alemão (IDO) de 2014, em Frankfurt – da mesma forma que outros 100 alunos de alemão de 50 países. Jovens do Irã, da Nova Zelândia, do Tadjiquistão, de todas as partes do mundo partem em direção à Alemanha.
Por quase duas semanas, eles estarão juntos na metrópole do Main a fim de verificar quais serão os não só os melhores alunos de alemão em todo o mundo, mas também para se conhecerem e conhecer o país. O concurso, organizado pela Federação Internacional dos Professores de Alemão (IDV) e pelo Instituto Goethe, é, antes de tudo, uma grande festa da língua alemã e do intercâmbio cultural. O nome do evento foi escolhido a dedo:  aqui vale o mesmo ideal olímpico de encontro, lealdade e respeito mútuo.
Isso se reflete no concurso. A Olimpíada Internacional não é nenhum teste gigantesco de vocabulário e de gramática. Trata-se antes de constatar o quão aptos estão os participantes do ponto de vista intercultural e se podem trabalhar com equipes internacionais. Um júri composto de membros de todo o mundo avalia os desempenhos dos candidatos de 13 a 19 anos de idade, que concorrem com outros alunos do seu mesmo nível de conhecimento do idioma.
Após 2012, Frankfurt é pela segunda vez a anfitriã da Olimpíada de Alemão, que é promovida a cada dois anos. Na cidade cosmopolita, os participantes ficam conhecendo Frankfurt como centro internacional e também como centro de uma região marcada pela História e por estórias. Mas podem, antes de tudo, colher finalmente os frutos do seu longo aprendizado de alemão – e conversar com as pessoas que encontram.
A Olimpíada Internacional de Alemão acontece de 3 a 16 de agosto, em Frankfurt am Main.
Mais informações disponíveis nos sites:

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

MP-SP recorre à promotoria de Munique no caso Siemens

Promotores pedem às autoridades judiciais da Baviera, onde a multinacional tem sua matriz, informações que possam ajudar nas investigações sobre o cartel metroferroviário. Cooperação pode levar a congelamento de bens.

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) vai buscar uma cooperação com a promotoria da cidade de Munique, na Alemanha, para a obtenção de informações que possam ajudar no processo sobre o cartel metroferroviário em São Paulo. A multinacional alemã Siemens delatou o esquema, do qual faria parte, às autoridades brasileiras em agosto.
Os promotores da capital da Baviera – onde a Siemens tem parte de sua matriz – deverão receber a solicitação do órgão paulista em cerca de 15 dias, segundo fontes do MP-SP ouvidas pela DW Brasil. Mais detalhes sobre o pedido de cooperação não puderam ser revelados, já que as investigações do caso correm sob sigilo.
"O pedido poderia envolver o congelamento de ativos, se houver como rastrear esse dinheiro que a Siemens ganhou no Brasil com essas irregularidades supostamente cometidas. Mas para isso é preciso que o Brasil apresente um indício de prova robusto", disse à DW uma fonte da área de cooperação jurídica internacional brasileira. "Mais cedo ou mais tarde isso iria acontecer."
As investigações do Ministério Público – que verificam também o eventual prejuízo causado ao patrimônio público pelo suposto cartel – devem durar pelo menos seis meses. Elas envolvem, segundo as fontes, dezenas de inquéritos civis, divididos entre dez promotores.
Em agosto, a Siemens delatou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), dentro de um programa de "delação premiada", um cartel em licitações para a compra de equipamento ferroviário e para a construção e manutenção de linhas de trens e metrô no Distrito Federal e em São Paulo.
O escândalo foi mais uma na longa lista de polêmicas envolvendo a multinacional alemã, já condenada em outros países por conduta contra a livre concorrência.
O caso envolvendo o metrô de São Paulo pôs em dúvidas os esforços anticorrupção da multinacional alemã. Há alguns anos, um megaescândalo de propina levou a Siemens a trocar quase toda a diretoria e a pagar multas bilionárias na Alemanha. A empresa, na época, havia prometido mudar, mas o novo caso no Brasil pôs em questão a promessa, feita em 2007.

DW.DE

terça-feira, 23 de julho de 2013

Assine esta petição Reino Unido // Sign this petition United Kingdom

                            Governo HM





alcoolismo na sociedade

Departamento responsável: Tesouro de Sua Majestade

aumentar a taxa de imposto sobre as bebidas alcoólicas seria uma medida eficaz para diminuir o per pergunta cairá no consumo do produto. 
consumindo altos valores para este tipo de produto seria um fundo de reserva monetária ligeiramente superior em administração de saúde. 
sendo assim capaz de dar uma maior assistência às vítimas do alcoolismo. Que tem aumentado nos últimos anos, reduziria também o aumento do consumo de todas as idades antigas.



alcoholism in society

Responsible department: Her Majesty's Treasury

increase the tax rate on alcoholic beverages would be a successful measure to decrease the question will fall in consumption of the product. 
by consuming high values ​​for this type of product would be a fund monetary slightly higher in health administration. 
thus being able to give greater to victims of alcoholism. Which has increased in recent years would also reduce the increase in consumption of all ages old.


http://epetitions.direct.gov.uk/petitions/52940



quinta-feira, 9 de maio de 2013

Alemanha ajudará Cabo Verde a ter 100% de energia renovável


Uma delegação liderada pela vice-primeira-ministra e ministra dos Assuntos Econômicos, Ambiente, Energia e Planejamento Territorial do Estado alemão da Renânia-Palatinado, Eveline Lemke, é esperada sexta-feira próxima na cidade da Praia para dar início a uma parceria destinado a levar o arquipélago a ter possibilidade de produzir 100 por cento de energia renovável, anunciou a PANA.
Em sua visita, em abril último à Renânia-Palatinado, um dos 16 Estados da Alemanha, situado no sudoeste do país, o primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, defendeu que o seu Governo deve repensar o seu plano estratégico de energias renováveis e estabelecer novas metas mais ambiciosas para chegar aos 100 porcento no consumo de energias limpas em 2020.

O chefe do executivo cabo-verdiano, que visitara nessa altura empresas produtoras de energias limpas, disse que a informação que havia obtido naquele país irião permitir estabelecer uma forte parceria com aquele país europeu nessa área.

“Há soluções aqui de energia solar muito interessantes e penso que Cabo Verde pode rapidamente evoluir para os 100 porcento de penetração de energias renováveis”, argumentou na altura.

Para solucionar alguns problemas energéticos no arquipélago cabo-verdiano, José Maria Neves acredita que a solução pode estar nas baterias, embora o país já tenha uma penetração de 25 porcento, mas que enfrenta ainda alguma instabilidade na rede.

“Quando a empresa Unicles apresentou a solução das baterias, vimos também que elas poderão estabilizar a produção e distribuição de energia eólica em Cabo Verde”, justificou.

O chefe do Governo realçou nessa altura que essa solução vai permitir revisitar e renovar completamente o plano de desenvolvimento de energia fóssil de Cabo Verde, o qual está em andamento com a construção de centrais únicas e redes de distribuições.

Já no início deste ano, um estudo de viabilidade, desenvolvido pelo Governo em parceria com a Cooperação Alemã para a materialização do projecto, Cabo Verde 100 porcento de energias renováveis, mostra que é tecnicamente possível a Cabo Verde conseguir alcançar o objetivo traçado.

À margem de um encontro com José Maria Neves, o coordenador dos Estudos do Projeto de Energias Renováveis em Cabo Verde, o alemão Peter Heck, explicou que os dados recolhidos permitem chegar a esta conclusão.

Terça-feira, na Praia, o diretor do Departamento Internacional do Instituto de Gestão e Pesquisa da Alemanha (IFAS), Michael Knaus, disse que, nos últimos 12 meses, especialistas alemães trabalharam em todas as ilhas no processo de transição do fuel para as energias renováveis.

“Calculámos que o montante necessário a investir é de 1.200 milhões de euros", frisou Knaus, citado pela agência Inforpress.

Segundo aquele responsável do instituto alemão, actualmente, Cabo Verde gasta cerca de 13 milhões de euros/anuais (cerca de 2,3% do Orçamento do Estado) na importação de combustíveis, mais nove milhões do que em 2004.

A ideia, explicou, é manter um preço estável durante 20 anos, baixando de 0,23 para 0,18 euros o preço do quilowatt (Kw), produzindo, paralelamente, o dobro de energia actual.

"Já conversamos com empresas da Alemanha que se mostraram interessadas em entrar no mercado cabo-verdiano. As empresas chinesas, que tiveram conhecimento do programa, mostraram-se também interessadas", salientou Knaus, frisando que o "ideal" será atrair investidores estrangeiros para criar parcerias.

"A longo prazo, se for um projecto de sucesso, a experiência pode ser exportada para os países da sub-região e Cabo Verde pode transformar-se num exportador de energias renováveis", prognosticou.

A missão do Estado alemão da Renânia-Palatinado, que acompanha Eveline Lemke na visita a Cabo Verde, integra ainda 30 empresários que nos próximos dias irão manter contatos com empresas e serviços cabo-verdianos com vista ao estabelecimento de futuras parcerias em vários domínios.

-- Angop

A chave do êxito singular da Alemanha

Para os cinco milhões de jovens europeus desempregados, a Alemanha, onde a taxa de desemprego jovem é a mais baixa da Europa, parece uma terra prometida. Mas se o sistema dual de formação que está na base deste êxito se perfila como modelo para os países atingidos pela crise, o certo é que não é facilmente exportável.


Mais de 5,5 milhões de jovens europeus estão sem emprego. Nos países em crise do sul da Europa, uma geração está a crescer com poucas perspetivas: um em cada dois espanhóis e gregos com menos de 25 anos está desempregado, e um em cada três em Itália e Portugal.

Para eles, a Alemanha deve parecer uma ilha de bem-aventurados: o desemprego jovem fica abaixo dos 8%. Em nenhum dos restantes membros da União Europeia é tão baixo. Apenas a Áustria se lhe aproxima (8,9%).

“Como conseguem uma coisa dessas”, perguntam os nossos vizinhos europeus – e há mesmo quem se desloque à Alemanha para investigar o fenómeno. O que descobrem é o nosso sistema de formação profissional dual: estudar na escola (teoria) e fazer estágios (prática), em simultâneo e não de forma consecutiva. Para a maioria dos europeus, isso é uma novidade: estudo e trabalho, em vez de estudo e depois trabalho.

A Comissão Europeia elogiou o modelo alemão como forma de “assegurar a ausência de desemprego dos jovens e de falta de mão de obra qualificada”. Até o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, elogiou o modelo alemão, no seu discurso de 2013 sobre o Estado da União: “Hoje, países como a Alemanha apostam na formação dos seus alunos do ensino médio com o equivalente a um grau técnico de um dos nossos institutos comunitários, como forma de os preparar para exercer uma profissão.”

As opiniões demoram a mudar

Durante muito tempo, outros países criticaram esta abordagem alemã – a própria OCDE censurava-nos por termos muito poucos licenciados. Para muitos especialistas estrangeiros em Educação, os estudos universitários – licenciaturas, mestrados, doutorados – são a medida de todas as coisas. O Meister alemão (diploma técnico-profissional) é considerado um exotismo.

A formação prática é considerada vários furos abaixo da formação académica. Pôr a par um diploma de formação técnica com os estudos do secundário, ou considerar a certificação de meister em pé de igualdade com o mestrado universitário, é inconcebível para muitos europeus. Mas, lentamente, começa a correr mundo que a capacidade de inovação da indústria alemã – e o seu êxito, medido pelo sucesso dos seus produtos em todo o mundo – pode ter a ver com a sólida formação que os trabalhadores alemães recebem.

Mesmo dentro da Alemanha, há críticos ao sistema dual. Foi defendido que se trata de uma formação demasiado especializada, demasiado adaptada às necessidades específicas de determinados setores, e que o número de especialidades (mais de 300) por que os jovens podem optar demasiado vasta. Também foram levantadas dúvidas sobre se as qualificações do sistema dual conseguem acompanhar a evolução económica, na era da Internet..

Êxito de exportação

O sistema sofreu forte pressão há cerca de uma década, quando houve uma vaga de desemprego em massa na Alemanha e dezenas de milhares de jovens não conceguiam aceder a estágios de formação. Em 2004, o Governo da coligação encarnada e verde (social-democratas e verdes) chegou a fomentar quotas de formação, para forçar a economia a criar mais estágios.

Mas, em junho de 2004, o Governo alemão juntou-se aos empresários e associações patronais, com vista a criar o Pacto nacional de Formação Profissional e Educativa, que ajudou a inverter a situação: hoje, a oferta é maior do que a procura.

A crise económica mundial transformou o modelo alemão num êxito de exportação. A Alemanha assinou um acordo de cooperação em formação com seis países da UE, e as empresas alemãs estão a desempenhar um papel pioneiro na formação de funcionários nas suas filiais no estrangeiro, segundo o modelo alemão.

As expectativas são elevadas – mesmo para os alemães. A Alemanha não quer apenas exportar um sistema com provas dadas; espera também que os europeus dinâmicos e motivados do sul ocupem todas as vagas de estágio que não estão atualmente preenchidas – e que, quando obtiverem a desejada qualificação, não voltem para os seus países de origem,

antes fiquem na Alemanha, a preencher a crescente escassez de trabalhadores qualificados.

Os céticos não perdem tempo a apontar problemas, como a barreira linguística, e duvidam que os imigrantes consigam desempenhar um papel determinante na recuperação da escassez de estagiários na Alemanha.

De facto, o momento pode não ser o ideal, pois o sistema alemão é fortemente dependente da economia. Não são os especialistas em educação mas o mercado quem, em última análise, determina o número de estágios disponíveis. São as empresas que decidem quantas vagas para determinadas qualificações vão necessitar no futuro; e é essa a base para se estabelecer o número de estágios que vão abrir.

Assim, a grande vantagem da abordagem de formação profissional alemã é também o seu maior inconveniente. O sistema depende da economia – e, em momentos piores, como o da crise que os países europeus estão a viver, a procura de estagiários é menor.

Sinal de desespero

O facto de os europeus do sul procurarem uma resposta no sistema dual alemão revela a que ponto estão desesperados. Falta-lhes empresas dispostas a criar vagas de estágio e “mestres” pacientes, dispostos a passarem conhecimentos aos “seus” estagiários, bem como as instituições e a forte cooperação necessária entre empresários, políticos, sindicatos e outros intervenientes, para implementar aquele sistema com bons resultados.

Mesmo na Alemanha, onde esta colaboração está já instalada, o sistema ainda não é isento de contratempos, como o conflito relativo ao Pacto de Formação e a resistência dos sindicatos.

Assim, a adoção pelos europeus do sul do sistema alemão afigura-se muito ambiciosa. Mas é melhor apontar para uma reforma estrutural corajosa do que optar pela solução mais fácil, que é dar aos jovens desempregados formação profissional sem sentido, só para os manter ocupados – e sem protestarem. Isso merece o nosso apoio. Do mesmo modo que os jovens europeus do sul que saem dos seus países e vêm para a Alemanha em busca de emprego ou de formação profissional. Devemos recebê-los de braços abertos.

Traduzido por Gail Mangold-Vine/Worldcrunch

Alemanha reduz previsão de arrecadação para 2013 e 2014

Berlim - O ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, disse nesta quarta-feira que o país deve atingir um orçamento estruturalmente equilibrado em 2014, mesmo tendo de rever a projeção para a arrecadação tributária para este ano e o próximo.

Segundo a nova estimativa preparada por especialistas de importantes institutos de pesquisa, o banco central e o Ministério de Finanças, a arrecadação federal, estadual e local deve totalizar 615,2 bilhões de euros em 2013, abaixo do nível de 618 bilhões de euros previsto em novembro do ano passado.

Para 2014, a estimativa foi reduzida para 638,5 bilhões de euros, de 642,3 bilhões de euros.

Ao comentar os novos números, Schäuble disse que as estimativas não deixam espaço para manobras na elevação de impostos, embora tenha descrito a situação das finanças públicas como "sólida".

Ele também comentou sobre a crise na Europa, dizendo que a Alemanha não está liderando uma "política de austeridade", mas sim de crescimento sustentável. As informações são da Dow Jones.

Governo britânico protegerá direito à autodeterminação de Falklands e Gibraltar


O governo britânico prometeu nesta quarta-feira a proteção do direito de autodeterminação dos habitantes das ilhas falklands e de Gibraltar, dois territórios reivindicados respectivamente por Argentina e Espanha, em um discurso solene lido pela rainha Elizabeth II.

O anúncio foi feito durante o chamado "Discurso do Trono", no qual a soberana apresenta com grande pompa na Câmara dos Lordes o programa legislativo do governo para a próxima sessão parlamentar.

— Meu governo irá garantir a segurança, a boa governança e o desenvolvimento dos territórios de ultramar, incluindo a proteção do direito dos habitantes das Falklands (malvinenses para os argentinos) e dos gibraltarinos de determinar seus futuros políticos — declarou a soberana.

Esta é a primeira vez em ao menos duas décadas que um governo britânico faz com que a rainha mencione a disputa de soberania com a Argentina pelas Ilhas Falklands.

A referência é feita num momento de tensão diplomática entre os dois países devido a este arquipélago do Atlântico Sul sob controle britânico desde 1833, que deu lugar a uma curta, mas sangrenta guerra em 1982.

A presidente argentina, Cristina Kirchner, realiza há dois anos uma agressiva campanha internacional para exigir da Grã-Bretanha um diálogo bilateral sobre o arquipélago sem a participação dos ilhéus, que em março votaram de forma esmagadora (99,8%) em um referendo a favor de continuar sendo um território de ultramar britânico.

O governo espanhol, por sua vez, exige há anos a soberania sobre Gibraltar, um estratégico enclave situado no sul da península ibérica, cedido pela Espanha ao Império Britânico em 1713 pelo Tratado de Utrecht.

As tensões entre a Espanha e a Grã-Bretanha também aumentaram no ano passado, quando os dois países mantiveram uma forte disputa sobre os direitos de pesca ao redor do território.

Londres convocou em novembro o embaixador espanhol, Federico Trillo, para pedir a ele que a Espanha detivesse as "incursões provocadoras" em suas águas, após vários incidentes entre embarcações de ambos os países.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Naturismo(nudismo) no Brasil / Naturism (nudism) in Brazil





Naturismo ou o nudismo é um movimento cultural e político praticando, de defender e defender a nudez social privado e em público. Também pode se referir a um estilo de vida baseado na vida pessoal, familiar e / ou o nudismo social. 
Vários outros termos ("nudez social", "nudez em público", "nadar nu", "bronzear", e, mais recentemente, "roupa-free") têm sido propostas como termos alternativos para naturismo, mas nenhum foi encontrado o mesmo público generalizado aceitação como os mais velhos termos "naturismo" e (em grande parte dos Estados Unidos) "nudismo".
A filosofia naturista tem diversas fontes, muitas das quais podem ser rastreados de volta ao início de saúde do século 20 e filosofias de fitness na Alemanha, embora os conceitos de retorno à natureza e criando igualdade também são citados como inspiração [carece de fontes]. Da Alemanha, a idéia se espalhou para o Reino Unido, Canadá, Estados Unidos e além de onde a rede de clubes desenvolvido. O modelo do naturismo alemão é promover a família naturista e esportes recreativos, com a Associação Alemã de Cultura do Corpo Livre (DFK), sendo um membro do Alemão Olympic Sport Federation (DOSB). Naturismo francesa desenvolveu com base em grandes complexos de férias. Este, por sua vez influenciada Quebec e nos Estados Unidos. Um desenvolvimento posterior foi naturismo turístico, onde resorts de nudismo seria construído para atender o turismo nudista, sem qualquer base local. Este conceito é mais perceptível no Caribe.
Desde os primeiros dias, as praias roupas livres e outros tipos de ad-hoc atividades nudistas têm servido aqueles que desejam tomar parte em atividades naturistas sem pertencer a nenhum clube. No Reino Unido, este é chamado de naturismo "free-range".
Naturismo pode conter aspectos do erotismo para algumas pessoas, embora muitos naturistas modernas e organizações naturistas argumentar que não precisa. O público leigo e os meios de comunicação muitas vezes simplificar essa relação




A palavra naturismo foi usado pela primeira vez em 1778 por um francófono belga, Jean Baptiste Luc Planchon (1734-1781), e foi defendido como um meio de melhorar a 'l'hygiène de vie "(estilo de vida natural) e saúde. 
De acordo com a definição internacional adotada pelo XIV Congresso da Federação Naturista Internacional (Agde, França, 1974), o naturismo é:
"Um estilo de vida em harmonia com a natureza, expressa através de nudez social, caracterizada pela auto-estima de pessoas com opiniões diferentes e do ambiente". 
A Federação Internacional de Naturismo explica:
"Cada país tem o seu próprio tipo de naturismo, e até mesmo cada clube tem seu próprio caráter especial, pois também nós, seres humanos, temos um ao nosso próprio caráter que se reflete em nosso meio". 
O uso e definição desses termos varia geograficamente e historicamente. Apesar de nos Estados Unidos, naturismo e nudismo têm o mesmo significado , na Grã-Bretanha, há uma distinção clara. Nudismo é o ato de estar nu, enquanto o naturismo é um estilo de vida que em várias ocasiões abraçou a natureza, o ambiente, o respeito pelos outros, auto-estima, artesanato, alimentação saudável, vegetarianismo, abstemia, são não-fumadores, ioga, exercícios físicos e pacifismo bem como nudez. 
Na linguagem naturista, têxtil ou textilist é uma pessoa não-naturista, comportamento não-naturista ou instalações não-naturistas. por exemplo da praia têxtil começa a bandeira, eles são um casal misto - é naturista, ela é têxtil. Têxtil é o termo predominante usado no Reino Unido ('textilist' é desconhecido em revistas naturistas britânicos, incluindo H & E naturista), apesar de alguns naturistas evitá-lo, devido à percepção conotação negativa ou depreciativa. Textilist é dito ser usados ​​como sinônimos, mas não há definição de dicionário para esse efeito existe, nem existem quaisquer exemplos de utilização equivalente na literatura convencional, como aqueles para têxtil. Vestuário opcional e nude opcional (específico dos EUA) descrevem uma política ou um local que permite ou encoraja nudez, mas tolera o uso de roupas. O oposto é obrigatória roupas, ou seja, proibir a nudez. Adjetivas roupas frases livre e roupas prescrever livre, onde o naturismo é permitido em um outro ambiente têxtil, ou definir o estado preferencial de um naturista.
O movimento nudez social inclui uma ampla gama de variantes, incluindo "naturismo", "nudismo", "Freikorperkultur (FKK)", o "movimento de praia livre", bem como "generalizadas terras públicas / nudez pública" advocacy. Há uma grande quantidade de história compartilhada e temas comuns, questões e filosofia, mas as diferenças entre esses movimentos separados permanecem controversas.



Naturismo é praticado em muitas maneiras: Marc Alain Descamps,  em seu estudo escrito em francês, classificou os tipos como: o nudismo individual, nudismo dentro da família, o nudismo na natureza, nudismo social. Para que possamos adicionar o naturista militante, campanhas ou naturistas extremas.
pessoal e familiar nudismo
Nudismo é muitas vezes praticada em casa ou no jardim de uma pessoa, seja sozinho ou com os membros da família.
Existem diferenças de opinião quanto a se, e em que medida, os pais devem aparecer nua na frente de seus filhos. Gordon e Schroeder  relatam que a nudez dos pais varia muito de família para família. Eles dizem que "não há nada de intrinsecamente errado com o banho com crianças ou não aparecer nua na frente deles", salientando que isso pode proporcionar uma oportunidade para os pais para fornecer informações importantes. Eles observam que por idades de 5 a 6 crianças começam a desenvolver um senso de modéstia, e recomendar aos pais que desejam ser sensível aos desejos de seus filhos que eles limitam a tais atividades a partir daquela idade.
Bonner recomenda contra a nudez no lar se as crianças apresentam jogo sexual de um tipo que é considerado problemático.
Um estudo nos Estados Unidos por Alfred Kinsey descobriu que 75% dos participantes afirmaram que nunca houve nudez em casa quando eles estavam crescendo, 5% dos participantes disseram que não havia nudez "raramente" em casa, 3% disseram " muitas vezes "e 17% disseram que era" usual ". O estudo constatou que não houve diferença significativa entre o que foi relatado por homens e mulheres com relação à freqüência de nudez em casa. 
Em 1995 a revisão da literatura, Paul Okami concluiu que não havia nenhuma evidência confiável que liga a exposição a nudez dos pais para qualquer efeito negativo.  Três anos depois, sua equipe terminou um estudo longitudinal de 18 anos que mostrou que, se alguma coisa, tal exposição foi associada com leves efeitos benéficos, especialmente para os meninos. 

 nudismo social

Ver artigo principal: comunidade de nudismo
Nudismo social é o nudismo em um contexto social, seja em sua casa, com os amigos ou com conhecidos em um evento nudista ou instalação, como um clube naturista, centro comunitário, recurso, ou outra instalação. (Os termos são vagamente definido e há algumas diferenças regionais.) Em eventos naturistas ou locais de vestuário é geralmente opcional, exceto por piscinas ou gramados banhos de sol onde a nudez completa é esperada, se o tempo permitir. Esta regra às vezes é uma fonte de controvérsia entre alguns naturistas. Staff em uma instalação naturista às vezes são obrigados a ser vestida devido aos regulamentos de segurança e saúde. 
Instalações para naturistes são classificados de várias formas. A desembarcado ou clube naturista dos membros é aquele que possui as suas próprias instalações, enquanto os não-aterrado (ou viagem) clubes se encontram em vários locais, tais como residências, piscinas, águas termais, desembarcaram clubes e resorts, e instalações alugadas. Clubes desembarcaram pode ser executado por membros em linhas democráticas ou por um ou mais proprietários que fazem as regras. Em ambos os casos, eles podem determinar critérios de adesão e as obrigações dos membros. Isso geralmente envolve a partilha de trabalho necessário para manter ou desenvolver o site. 



Alguns clubes têm exigências mais rigorosas de entrada do que 'clubes de campo de alguns tradicionais, incluindo a exigência de fornecer referências, um membro do patrocínio, uma sociedade experimental, a aprovação da comissão e ou antecedentes criminais. Clubes do Reino Unido estão agora obrigados a ter políticas de proteção à criança no local, e os oficiais de protecção da criança designados. Muitos clubes de promover atividades sociais freqüentes.
As organizações naturistas internacionais foram compostas principalmente por representantes dos clubes desembarcaram.  "colônia nudista" já não é um termo preferido, mas ele é usado por naturistas como um termo de escárnio para os clubes desembarcaram que têm critérios de adesão, inclusive não rígidas, e em meta-dados em sites de naturistas.

Um centro de férias é uma instalação especializada na prestação de apartamentos, chalés e campos de campismo para visitar os turistas. O centro é gerido comercialmente, e os visitantes não são membros e não têm voz na gestão. A maioria dos centros de férias espera que os visitantes para segurar uma placa INF, que é ser um membro de sua organização nacional, mas alguns têm relaxado esta restrição, contando com a realização de um cartão do comércio. Centros de férias pode ser muito pequeno, apenas um par de hectares ou grande ocupando mais de 300 hectares. Em um grande centro de férias, haverá piscinas, campos de esportes, um programa de entretenimento, clubes para crianças, restaurantes e supermercados. Alguns centros de férias permitem que os visitantes regulares para comprar os seus próprios chalés, e as gerações das mesmas famílias que visitam a cada ano  centros de férias são mais tolerantes do que os membros da roupa somente clubes;. Nudez total é geralmente obrigatória nas piscinas e pode ser esperado nas praias, enquanto nos campos de futebol, ou nos restaurantes à noite, é raro. 
Um resort naturista é, para um europeu, um desenvolvimento essencialmente urbana, onde o naturismo é a norma. Cap d'Agde, na França, naturista aldeia Charco del Palo em Lanzarote, Ilhas Canárias, e Vera Playa em Espanha são exemplos. Aqui há blocos de apartamentos, com apartamentos de propriedade particular e alugado. Para alguns moradores esta é a sua casa durante todo o ano. Encontram-se todas as facilidades habituais de uma pequena cidade. No uso dos EUA, um resort naturista pode significar um centro de férias. 
Freikorperkultur (FKK) (ver artigo em alemão) traduzido literalmente como a cultura do corpo livre é o nome para o movimento geral na Alemanha. A abreviação é amplamente reconhecido em toda a Europa e, muitas vezes encontrados em sinais informais indicando a direção a uma praia naturista remoto. 




A roupa é opcional em praias de nudismo (ou praias livres). Algumas praias foram roupas livres além da memória viva, e seu estado foi formalizado, tornando-se praias oficiais de nudismo, enquanto outros, embora não oficial, tornaram-se praias de nudismo oficiais através tolerância por parte das autoridades locais.  Em alguns países europeus, como Dinamarca , todas as praias são vestuário opcional, enquanto em outros, como a Alemanha, existem áreas naturistas banhos de sol em parques públicos, por exemplo, em Munique e Berlim.  praias em alguns destinos de férias, como Creta, também são por padrão, as roupas são opcionais, exceto, talvez, praias urbanas centrais.  Mas, em Barcelona, ​​os naturistas podem desfrutar de duas praias ainda no local central. Haulover Beach em Haulover Park de Miami é uma das praias opcionais de vestuário mais populares da América.

Uma característica do banho em uma praia de nudismo é o anonimato que oferece, onde membros de um clube não é necessária com os processos de aplicação detalhada, nem pré-reserva de visitas.
Embora praias livres desenvolvidos separadamente dos corpos naturistas nacionais, estes órgãos estão tomando um interesse e ajudando a protegê-los legalmente, e através da publicação de orientações de comportamento aceitável.  Na América do Norte, o Movimento Free Beach era o nome de um grupo que se opôs à direção da organização oficial de nudismo, a Associação Americana para Recreação Nude, e definir o corpo rival a Sociedade naturista.



Família na Praia do Abricó, Brasil

Indivíduos têm formado grupos de nudistas para uma variedade de propósitos específicos. É geralmente aceite por organizações naturistas que o erotismo ea sexualidade flagrante não têm lugar no naturismo e são, de fato, a antítese dos seus ideais, como descrito acima.
Ecológico ou ambiental -  relação com o mundo natural.

Saúde - banhar-se ao sol, ar fresco e água (hidroterapia, talassoterapia, helioterapia).

Dieta - moderação com álcool, carne, tabaco, drogas, buscando alimentos saudáveis ​​e adoção de uma alimentação saudável para evitar a obesidade. Isso pode se estender para abstemia e hábitos alimentares vegetariana ou vegan. Os dois últimos também interagir com com respeito ao meio ambiente.

Agricultura - evitando fertilizantes desnecessários e organismos geneticamente modificados. Contra agricultura industrial

Medicina - deve ser natural, se não inteiramente homeopáticos

Psicoterapia - como uma forma de efectuar mudanças pessoais


Relacionamento com outros seres humanos - igualdade e respeito. Um anti-guerra, a posição do governo pró-mundo

Pedagogia - as crianças devem ser respeitados como iguais, em vez de ser apadrinhado
Espiritualidade - o homem não é mais do que um animal, e nudez tem um lugar na religião.

Dress - nudismo, como roupas são desnecessárias, insalubre e construir barreiras sociais.

Esportes - desenvolver um corpo saudável.

Artes - deve ser desenvolver talentos individuais, e não como um meio de exploração financeira

Turismo - para entender a cultura de outros povos, concentrando-se em camping para ficar perto da Terra.

Liberdade - ninguém tem o direito de dizer aos outros ou seus filhos que eles devem vestir roupas.

Poluição - menos roupa para fabricar e manter significa menor emissão de carbono.

 Naturismo e os românticos

Walt Whitman, escritor norte-americano, A Nudez Sun-banhado:
Nunca cheguei tão perto da natureza, nunca antes ela veio para perto de mim ... Natureza estava nu, e eu também estava ... Sweet, sã, a nudez ainda na Natureza! - Ah, se pobres, doentes, a humanidade lascivo nas cidades pode realmente saber que você mais uma vez! Não é a nudez indecente? Não, não é inerentemente. É seu pensamento, sua sofisticação, seu medo, sua respeitabilidade, que é indecente. Lá vêm humor quando essas roupas de nosso não são apenas muito cansativo de usar, mas são eles próprios indecente. 
Henry David Thoreau, Na selvageria está a preservação do mundo, Caminhadas.:
Não podemos apreciar adequadamente este aspecto da natureza se abordá-lo com qualquer mácula de pretensão humana. Ele vai iludir-nos se nós permitimos que os artefatos como roupas para intervir entre nós e esse outro. Para apreendê-lo, não podemos ficar nua suficiente.



Naturismo fazia parte de um movimento literário no final de 1800 (veja os escritos de André Gide), que também influenciou os movimentos artísticos da época, especificamente Henri Matisse e outros pintores Fauve. Este movimento foi baseado no conceito francês de joie de vivre, a idéia de deleitando livremente em sensações físicas e experiências diretas e uma abordagem espontânea para a vida. 

Naturismo para a saúde

Sunlight foi mostrado para ser benéfico em algumas doenças da pele e permite que o organismo a produzir vitamina D, mas com o aumento da conscientização do câncer de pele, o uso de protetor solar já faz parte da cultura. 

Naturismo e igualdade

Muitas pessoas dizem que estar nu em grupos os faz sentir mais aceito para todo o seu ser - físico, intelectual e emocional. Eles dizem que eles tendem a ser mais aceito, apesar da diferença de idade, forma do corpo, fitness e saúde. Sem roupas, um de posição social geralmente é obscurecida. Eles relatam sentir mais unida com a humanidade, com menos respeito à riqueza de uma pessoa, a posição, nacionalidade, raça e sexo.


Nudez em contextos sociais tem sido praticada em várias formas por muitas culturas em todos os períodos de tempo.  Na sociedade ocidental nos dias de hoje, a nudez social mais frequentes nos contextos de banho, nadar e em saunas, seja em grupos do mesmo sexo, dentro da família ou com os amigos de ambos os sexos, mas ao longo da história e em muitas culturas tropicais, até agora, a nudez é uma norma em muitos eventos e competições desportivas. 
É difícil indicar exatamente quando naturismo começou como um movimento. Em 1903, Paul Zimmermann abriu o primeiro clube, Freilichtpark, perto de Hamburgo. Em 1951, as federações nacionais unidos para formar a Federação Naturista Internacional ou INF. Alguns naturistas preferiu não participar de clubes, e depois de 1945, a pressão foi colocar para designar praias para uso naturista. Os dois grupos não cooperar até 2000.
A partir de meados do século 20, com a mudança de padrões de lazer, organizações comerciais começaram a abrir resorts de férias para atrair naturistas que esperavam o mesmo - ou melhor - padrões de conforto e amenidades oferecidos aos não-naturistas. Mais recentemente, as opções de férias naturistas têm se expandido para incluir cruzeiros





Quer entrar? Tire a roupa. A frase pode até soar estranha, mas é a senha para ter acesso às praias de naturismo no Brasil. Tirar a roupa nessas praias não é algo celebrado apenas no verão, mas, sim, durante o ano inteiro. Quem decidir entrar precisa cumprir o código ético elaborado pela Federação Brasileira de Naturismo, sobretudo o respeito aos demais frequentadores.

No Brasil, a prática do naturismo é permitida nas praias de Tambaba, no município do Conde (PB); Massarandupió, em Entre Rios (BA); Barra Seca, em Linhares (ES); Abricó (RJ); Pinho, no Balneário Camboriú (SC, a primeira do Brasil); Galheta, em Florianópolis (SC); Pedras Altas, em Palhoça (SC); e Olho de Boi (RJ). Há 500 mil praticantes no país.


Os naturistas lutam agora para oficializar a praia de São Sebastião, em São Paulo, como mais uma praia naturista do país. “É preciso percorrer um longo caminho para oficializar uma praia como naturista, não é tão fácil como parece”, explicou o diretor de assuntos especiais da federação, José Antônio Tannus. É preciso autorização das prefeituras para a prática do naturismo, ou seja, todas são regidas por leis municipais.



“Não há como escolher uma praia qualquer e dizer: 'a partir de amanhã esse local será destinado aos naturistas'”, afirmou. Segundo ele, a regulamentação é solicitada quando as praias são utilizadas por adeptos do nudismo. “Quando o uso é frequente, surge o pedido para a regulamentação do local, como acontece com a praia de São Sebastião”, explicou.


“Há outras áreas em andamento, mas ainda não temos um projeto”, disse ele. De acordo com o diretor, a expansão do naturismo no Brasil se tornou mais evidente após a realização do Encontro Nacional de Naturistas, em Tambaba, há três anos, em 2008 .


Outra luta é pela aprovação de uma lei no Senado Federal para regulamentar espaços e descriminalizar o naturismo no Brasil. O projeto de lei 13/2000, de autoria do ex-deputado Fernando Gabeira, está paralisado no Senado. “Inclusive a presidência da federação está em Brasília tentando articular o desarquivamento do projeto, que seria de grande importância para os adeptos dessa filosofia de vida”, destacou.

O conceito de naturismo está relacionado diretamente à harmonia com o Meio Ambiente e ao respeito ao próximo. O naturismo no Brasil teve como precursora a atriz Dora Vivacqua, que fundou, em meados dos anos 50, a primeira área naturista do país, na Ilha do Sol, no Rio de Janeiro, visitada por famosos de todo o mundo. O dia do seu nascimento, 21 de fevereiro, é considerado o Dia do Naturismo no Brasil.







1 – Tambaba (Paraíba) – A praia fica localizada no município de Conde (30km de João Pessoa). Um dos pontos fortes dessa praia é o sol que brilha praticamente todos os dias do ano. A sua proximidade com a capital paraibana permite aos banhistas o deslocamento com tranquilidade, além da possibilidade de curtir as belezas do estado. Para quem está procurando por hotéis em João Pessoa, a FalaTurista oferece algumas boas opções para os turistas que vão conhecer a praia de Tambaba e as belezas da Paraíba.


2 – Praia do Pinho (Santa Catarina) – A praia fica localizada no município de Balneário Camboriú (80km de Florianópolis). A Praia do Pinho foi à primeira área para a prática do nudismo reconhecido oficialmente no Brasil. São mais de 500 metros de extensão, com areias brancas, água limpa e muito contato com a natureza. A região é cercada por vales e montanhas com vegetação quase que totalmente intocada. Próximo a praia você encontrará algumas pousadas, mas caso você queira aproveitar mais o litoral catarinense e conhecer as belezas de Florianópolis, você pode ficar em alguns hotéis da região.

3 – Praia Olho de Boi (Rio de Janeiro) – A praia fica localizada no município de Búzios (182km do Rio de Janeiro). O grande diferencial do “Olho do Boi” é a natureza que cerca a praia. O local fica muito afastado das regiões com maior fluxo de pessoas, proporcionando assim, mais comodidade para os banhistas.

4 – Barra Seca (Espírito Santo) – A praia da Barra Seca fica localizada no município de Linhares (138km de Vitória). Conta com estrutura para camping e recebe milhares de turistas que aproveitam o contato com a natureza em sua plenitude.

5 – Massarandupió (Bahia) – A praia de Massarandupió fica localizada no município de Entre Rios (80Km de Salvador). A praia ainda não possui uma infra-estrutura para atender a todas as necessidades

dos turistas, porém, a natureza, o mar calmo e a tranquilidade da região atrai cada vez mais praticantes do naturismo para a praia que é a primeira da região a oferecer um local próprio para os adeptos dessa filosofia. O ideal é que você fique hospedado em algum hotel em Salvador, aproveitando a curta distância entre as cidades. Além de aproveitar tudo o que Massarandupió pode oferecer, a chance de conhecer as belezas da região é grande. Seu passeio pode ser ainda mais proveitoso!

6 – Praia do Abricó (Rio de Janeiro) – Como quase todas as praias de nudismo no Brasil, a Praia do Abricó fica em um ambiente paradisíaco, repleto de natureza e com toda a privacidade respeitada para a prática do naturismo. Desde 2003 o local é reconhecido como uma área especial para aqueles que gostam nudismo. Porém, para você freqüentar o local, algumas regras como dias e horários devem ser respeitadas (Sábado, Domingo, Feriados e dias especiais). Caso você seja de outra cidade, não se esqueça de consultar alguns dos melhores hotéis no Rio de Janeiro para ficar bem hospedado.

7 – Praia de Pedras Altas (Santa Catarina) – A área reservada para a para a prática do naturismo na Praia de Pedras Altas é um convite para o contato com a natureza e o total desprendimento com a correria dos nossos dias. A paisagem é exuberante e o mar com águas limpas e calmas deixar qualquer visitante apaixonado. Praia de Pedras Altas foi o segundo reduto catarinense reconhecido para a prática do naturismo. O local é divido em duas pequenas áreas de pouco mais de 100 metros cada, sendo que um lado é reservado para famílias e o outro para os solteiros. A praia possui estrutura para camping, mas quem preferir pode ficar nos hotéis de Floripa, pois a praia está à apenas 30km da capital catarinense.

8 – Praia da Galheta (Santa Catarina) – A praia fica em Florianópolis e é uma das mais freqüentadas pelos turistas e moradores que são adeptos da prática do naturismo. Sua estrutura não permite que o visitante se hospede ou faça sua alimentação no local, pois se trata de um parque ecológico preservado. Mas como a praia está na cidade de Florianópolis, os visitantes podem, facilmente, encontrar toda a estrutura necessária sem precisar ir para longe.


9 – Praia do Forte (Praia Brava) (Rio de Janeiro) – A praia está localizada na cidade de Cabo Frio, região dos Lagos, no Rio de Janeiro. A cidade de Cabo Frio é uma das regiões mais visitadas por turistas que vão para o estado do Rio de Janeiro. Na Praia do Forte (Praia Brava) os praticantes do naturismo encontraram uma ótima opção para curtir o dia. O mar é agitado e a areia branca e fofa. A praia fica aproximadamente 180km da cidade do Rio de Janeiro.

10 – Praia de Jurubá (Rio de Janeiro) – Também no estado do Rio de Janeiro, a praia de Jarubá é um dos principais redutos para a prática do naturismo no Brasil. A praia
fica apenas a 10Km de Angra dos Reis, outro ponto turístico muito visitado no estado. A estrutura não comporta muitas pessoas, por isso, a dica é ficar hospedado em Angra dos Reis e aproveitar, além da praia, as belezas da cidade.




11- O Rincão Clube Naturista está localizado no município de Guaratinguetá, a 200 km de São Paulo e a 225 km do Rio de Janeiro, num magnífico vale existente entre as montanhas da Serra do Mar, perto dos municípios de Cunha e de Paraty.

 12-O Mirante do Paraíso fica à beira da represa, no topo da montanha, com visual exuberante.
Temos piscinas para adultos e crianças (com hidro), local para futebol e vôlei, trilhas, restaurante, sauna a vapor , ofuro gigante com hidro, salão de jogos e festas (todo envidraçado) com vista para a represa de Igaratá.
Estamos em Igaratá , SP, a 80 Km da Capital, Campinas e Mogi das Cruzes; 40 Km de São José e a 10 minutos do centro da cidade.


Praias

Tambaba - Conde - PB
Barra Seca - Linhares - ES
Massarandupió - Entre Rios - BA
Praia do Pinho - Balneário Camboriú - SC
Praia do Abricó - Rio de Janeiro - RJ
Praia de Pedras Altas - Palhoça - SC
Praia da Galheta - Florianópolis - SC
Olho de Boi - Búzios - RJ
Praia Brava - Cabo Frio - RJ
Jurubá - Paraty - RJ


Clubes

Colina do Sol - RS
Associação dos Amigos da Praia do Pinho - SC
Mirante do Paraíso - SP
Rincão Naturista - SP
Recanto do Paraíso - RJ
Encanto de Minas - MG
Centro Ecológico Hélio Marinho - Jurubá - RJ